Cadaval

Cruz Vermelha do Cadaval organiza 6º Festival de Tributos

A Delegação da Cruz Vermelha do Cadaval organiza, nos dias 3, 4, 10 e 11 de maio, no Pavilhão João Corrêa, o 6º Festival de Tributos, com um cartaz que propõe onze bandas-tributo, a par de quatro momentos acústicos e cinco carrinhas de “street food”. Após um hiato de quatro anos, a delegação recupera este evento musical solidário, trazendo novidades e revelando vontade de lhe conferir dimensão nacional.


O 6º Festival de Tributos arranca com The Fly (Tributo a U2), Bulls On Parade (Tributo a Rage Against The Machine) e Follow The Leader (Tributo a Korn). A anteceder a noite de tributos, no palco acústico, atuará Zé Costa.
No dia 4 é a vez de The Poor Boys Revival (Tributo a Creedence Clearwater Revival), Alive (Tributo a Pearl Jam) e Anavrin (Tributo a Nirvana). No palco acústico, a animação musical estará a cargo de Laura Varges.
No dia 10 atuarão os Green Play (Tributo a Green Day), seguidos de Kind of Queen (Tributo a Queen). A oferta musical contemplará Golden Wine no palco acústico.
Para dia 11, o cartaz inclui Nightdream (Tributo a Nightwish), Heavy Link (Tributo a Linkin Park) e Significant Bizkit (Tributo a Limp Bizkit). Simão Quintans é o nome previsto para o palco acústico, nesta última noite.
As entradas serão gratuitas até às 21h00, passando a três euros por pessoa após aquela hora.
Cláudio Neves, porta-voz do festival e membro da direção da Cruz Vermelha do Cadaval, manifesta que “queremos pensar alto e acreditar que este evento pode tornar-se o festival de música do Oeste”.
“Este ano, iremos também ter jantares com carros de street food de alta qualidade, que irão estar toda a noite a servir comida”, refere.
“A delegação do Cadaval da Cruz Vermelha Portuguesa está com uma equipa de emergência em crescimento. Cada vez somos mais requisitados para serviços de transporte e de apoio, logo, surge a necessidade de acrescentarmos uma ambulância à nossa frota, para assim estarmos mais melhor preparados e mais aptos para novos desafios. Os possíveis lucros deste evento destinam-se à aquisição da ambulância”, descreve.
“Este evento pode dizer-se que está para qualquer faixa etária, pois muitos jovens de hoje cresceram a ouvir estas bandas com os pais. É também o público que irá eleger a melhor banda-tributo deste festival 2019”, adianta.

Author: Jornal

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close