Login  Recuperar
Password
  16 de Outubro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Pólo das Caldas da Universidade Católica vai fechar por falta de alunos

21-07-2011 |

Pólo das Caldas da Universidade Católica vai fechar por falta de alunos
Pólo das Caldas da Universidade Católica vai fechar por falta de alunos
A Universidade Católica - Pólo das Caldas da Rainha vai fechar em Dezembro deste ano, por falta de alunos. Cinco funcionários da extensão da Escola Superior de Biotecnologia nas Caldas da Rainha deixarão de colaborar com o pólo até final do ano. O encerramento das instalações, explica Isabel Vasconcelos, directora da Escola de Biotecnologia da Universidade Católica no Porto, é porque “a Universidade Católica Portuguesa considerou que o seu tempo de intervenção na região estava terminado, tendo-se verificado que não fazia sentido manter aberto um leque de formações que já estavam suficientemente garantidas na região envolvente”. “De facto, entre 1999 e 2011, a oferta de ensino superior estatal na região expandiu-se muito”, adiantou Isabel Vasconcelos. Segundo esta responsável, os seis alunos que ainda estão em formação no pólo das Caldas “terminá-la-ão na Escola Superior de Biotecnologia no Porto, concentrando-se assim toda a sua actividade num mesmo local”. “A integração com o Laboratório Associado do Estado, CBQF – Centro de Biotecnologia e Química Fina, e na dinâmica de uma escola em franca actividade será certamente um factor muito positivo para estes jovens”, relatou a directora da Escola no Porto, acrescentando que “estes estudantes serão apoiados na sua vinda para esta sua casa”. Criada em 1999, em Caldas da Rainha, a Extensão da Escola Superior de Biotecnologia funciona em estreita ligação com a Escola Superior de Biotecnologia do Porto e integra a estrutura da Universidade Católica Portuguesa. Abriu no ano lectivo de 1999/2000 com a licenciatura em Engenharia de Produção Biológica e no ano lectivo 2002/2003 aumentou a sua oferta formativa com a Licenciatura em Microbiologia. Em 2006/2007 os cursos foram reformulados e adaptados a Bolonha, com 3 anos lectivos e a oferta passou a ser a Licenciatura em Biociências com especialização em Microbiologia. É de recordar que em Setembro de 2009, o pólo das Caldas da Universidade Católica iniciou o ano lectivo sem nenhuma turma do 1º ano da licenciatura em Biociências – especialidade de Microbiologia e ciências da nutrição. A ausência de caloiros para a licenciatura foi justificada na altura por Cristina Rodrigues, coordenadora do pólo e representante da direcção da Universidade Católica, por não haver o número suficiente de inscrições para formar uma turma. No entanto, em 2009, esta responsável garantiu que não havia qualquer intenção de encerrar a extensão da Escola Superior de Biotecnologia em Caldas da Rainha, decisão que foi alterada em 2011. ?Marlene Sousa          
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar