Login  Recuperar
Password
  21 de Setembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Regional
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Óbidos é o único concelho do Oeste sem mortes associadas à Covid-19

A morte de um octogenário no concelho de Alenquer na passada segunda-feira tornou Óbidos o único município da região Oeste sem registo de falecimentos associados à Covid-19.

11-08-2020 | Francisco Gomes

Até agora o município de Alenquer não havia assinalado qualquer óbito. Segundo relatou a Câmara, a vítima, residente na União de Freguesias de Abrigada e Cabanas de Torres, estava “com um estado de saúde muito debilitado e não resistiu às doenças de que sofria depois de contrair também Covid-19”.
O número de mortos na região Oeste passou de 30 para 31, entre as 23h59 de 3 de agosto e as 23h59 de 10 de agosto. Os concelhos com mais falecimentos são Torres Vedras, Caldas da Rainha e Alcobaça (seis), seguindo-se Peniche (três), Sobral de Monte Agraço, Nazaré e Lourinhã (dois), Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval e Alenquer (um).
Na comparação dos dados nesta última semana, o número de casos ativos aumentou de 230 para 269 (mais 39). Até agora já foram confirmados 1247 casos (eram 1122), com 947 recuperados (eram 862).
No que diz respeito aos casos ativos, Torres Vedras continua a ser o que mais tem (112, mais 62). A situação tem a ver com um surto no Lar Nossa Senhora da Luz, na União de Freguesias de A-dos-Cunhados e Maceira, de onde é a maioria dos infetados (70). Os restantes cinco são da Silveira, Santa Maria, São Pedro e Matacães, e Lourinhã.
O segundo concelho com mais casos ativos é Sobral de Monte Agraço (39, mais cinco). Seguem-se Caldas da Rainha (32, menos dezassete), Alcobaça (32, mais dezasseis), Alenquer (22, menos vinte e cinco), Lourinhã (11, mantém), Arruda dos Vinhos (11, mais um), Óbidos (5, menos um), Peniche (2, menos dois), Bombarral (1, menos 1), Cadaval (1, mantém) e Nazaré (1, mais um).

Polémica com autarca

O comentário do presidente da Câmara da Nazaré na rede social Facebook, onde apontou que “um churrasco no concelho de Alcobaça foi responsável por vários casos de Covid-19, em Alcobaça e na Nazaré”, causou polémica.
Walter Chicharro dava conta que o único doente ativo na Nazaré no dia 4 de agosto (o décimo no total desde o início da pandemia) resultava dessa situação, mas a expressão “para não variar, é importado do concelho vizinho” foi mal acolhida.
A CDU da Nazaré repudiou, em comunicado, a declaração: “Esta atitude, que classificaríamos de “Trumpiana”, pois também o dito Donald tentou classificar a covid-19 como ‘o vírus estrangeiro’ ou ‘vírus chinês’, apenas revela uma profunda falta de solidariedade e respeito para com os territórios e populações mais afetados pela crise de saúde pública”.
O autarca comentou que houve “interpretações incorretas e maldosas”. “Os tempos que vivemos, talvez aprofundados por estes tempos de Covid, levam a exageros de expressão e de ataque sem nexo nas mais variadas plataformas de comunicação”, sublinhou.
“Em nada do que escrevi foi ofensivo para o bom povo do concelho de Alcobaça, que muito respeito e com quem estou regularmente em boa amizade”, manifestou.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar