Login  Recuperar
Password
  27 de Setembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Escola de Pais no Colégio Rainha D. Leonor apoiada pelo JORNAL DAS CALDAS

“Internet tem que ser utilizada com conta, peso e medida”

Hernâni Carvalho, sem papas na língua, censura os pais que deixam os filhos estar horas infinitas na Internet. “Não temos noção de que deixarmos o nosso filho sozinho no computador, fechado no seu quarto, é deixá-lo exposto a todos os perigos que já conhecemos e mais uma data deles que não se sabe que existem”, disse. O jornalista, especialista na área da segurança e criminalidade, esteve presente no Colégio Rainha D. Leonor, no passado dia 9, para falar sobre “O Biberon do Séc. XXI" - o uso perverso das novas tecnologias por crianças e adolescentes.

13-05-2014 | Marlene Sousa

Hernâni Carvalho falou sobre o uso perverso das novas tecnologias por crianças e adolescentes
[+] Fotos
Hernâni Carvalho falou sobre o uso perverso das novas tecnologias por crianças e adolescentes

Há crianças e jovens que passam demasiado tempo em frente às máquinas a jogar ou nas redes sociais e os pais têm medo de usar a palavra básica da civilização “não”.
Hernâni Carvalho alerta para a ignorância dos pais em relação às novas tecnologias. Muitos estão descansados porque o filho está em casa sossegado no computador e esquecem-se, ou desconhecem, que “um jovem ligado à internet está exposto ao mundo”.
Avisou ainda para os perigos de colocar imagens dos filhos nas redes sociais. “Expormos os nossos filhos nas redes sociais é expormos os nossos filhos ao mundo”, sublinhou. Segundo o jornalista, “a imagem deles pode ser usada, deturpada, e em todo o momento a fotografia deles pode aparecer algures muito longe ou mesmo ao nosso lado e alguém está pronto para saber todos os dados das nossas crianças e isso não é bom”, apontou, conhecendo já casos de rapto por causa das redes socais.
Baseando-se em estudos que foram feitos, o comentador de notícias ligadas à segurança e à criminalidade, revelou que o computador prejudica a vida social e as crianças que ultrapassem as 19 horas por semana são as mais propensas a exibir sintomas de depressão. “Primeiro é um entretém, depois um refúgio, a seguir a coisa agrava-se de tal forma, que no limite fazem as refeições ao computador, prejudicam as horas de sono e apresentam problemas de desempenho escolar e perda de amigos reais”, referiu.
Apesar de a Internet ter muitos perigos, Hernâni Carvalho também focou alguns aspetos positivos, desde que seja “seja utilizada com conta, peso e medida”.
O jornalista disse que é preciso criar limites, como por exemplo, a cada meia hora do jogo “faça equivaler a meia hora de qualquer outra coisa como ler, jardinar, brincar entre outros”. Revelou também que é necessário monitorizar os videojogos e o computador.

“É importante saber dizer não a um filho”

O jornalista salientou ainda a importância de saber dizer não a um filho. “Entre os 3 e os 5 anos é vital ouvir o não”. Se não o fizermos “andamos a criar seres perigosos com intolerância à frustração e incapacidade de ouvir o não”.
Deu o exemplo do jovem Tiago, de 13 anos, que esfaqueou a mãe por ela o ter proibido de utilizar a consola e cortar o acesso à Internet. “Morava na Charneca, Cascais, com sua mãe (enfermeira) e irmã mais nova. Sempre foi tido como um jovem calmo. Depois de começar com más notas, a mãe tirou-lhe a consola e acesso à Internet. Foi às escondidas comprar um equipamento de internet móvel e quando a mãe descobriu esfaqueou-a”, contou o comentador da televisão, acrescentando que “não estava habituado a ouvir o não e reagiu com frustração”.
O uso perverso das novas tecnologias por crianças e adolescentes suscitou um debate interessante entre o público e Hernâni Carvalho, numa iniciativa que teve o apoio do JORNAL DAS CALDAS.
 


Tags: Caldas, da, Rainha
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar