Login  Recuperar
Password
  13 de Dezembro de 2017
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Economia, Caldas da Rainha, Global
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Inatel vai ser parceiro da Câmara na gestão do Hospital Termal

O Inatel vai ficar com os pavilhões do parque e criar um hotel termal, enquanto que o hospital termal será alvo de uma parceria entre a câmara das Caldas, centro hospitalar do Oeste (CHO) e Inatel, apurou o JORNAL das CALDAS.

12-04-2013 | Carlos Barroso

Comitiva visitou o Parque
[+] Fotos
Comitiva visitou o Parque
Na passada segunda-feira, após um almoço entre o executivo da câmara, administração do CHO e elementos do Inatel, entre os quais o presidente do organismo, Fernando Ribeiro Mendes, o JORNAL das CALDAS apanhou a comitiva a visitar o parque D. Carlos I e o hospital termal.
Nenhuma das partes quis comentar a visita, remetendo para mais tarde algum comentário. Contudo, pelo que apurámos, o hospital termal irá passar para a gestão da autarquia e a exploração ficará a cargo do Inatel, após um protocolo com o ministério da saúde e a Câmara. No mesmo sentido, ficarão os pavilhões do parque, depois de requalificados pela autarquia das Caldas, que terá a garantia do Governo em ter fundos comunitários para essa obra. Após esse processo os pavilhões passarão para as mãos do Inatel.
Sabe ainda o JORNAL das CALDAS que já decorreram reuniões com a direção geral do património para que a transferência dos edifícios seja realizada o mais rapidamente possível.
Estas serão boas notícias para o futuro do termalismo caldense e do seu património, que poderá ter um desfecho repentino, uma vez que sabemos que a administração do CHO, o ministério da saúde e o próprio Inatel têm intenções de resolver este assunto durante o mês de abril, mas Fernando Costa pretenderá que a formalização do acordo seja realizado no dia 15 de maio, englobando este compromisso nas festas da cidade, pelo seu simbolismo histórico.
A assinatura deste importante protocolo poderá ou não acontecer dentro de semanas, mas há intenção do ministro da saúde e do secretário de estado da saúde, além do presidente da ARSLVT e demais organismos da saúde estarem presentes.
Recorde-se que esta hipótese já havia sido noticiada pelo JORNAL das CALDAS em 19 de maio de 2010, quando Manuel Nobre era presidente do centro hospitalar e havia alguma discórdia entre os administradores Alexandre Farinha e Rosário Sabino, tendo na altura o antigo presidente do Inatel, Vítor Ramalho, dito que havia algumas conversas, mas nada de concreto tinha sido assegurado.
Agora, terá sido Carlos Sá, presidente do CHO a despertar o processo e a assumi-lo, garantindo deste modo que o hospital termal mantenha a sua vertente ligada ao serviço nacional de saúde, com um instituto que também tem comparticipação pública, como é o caso do Inatel, que ainda por cima tem a vertente ligada ao turismo e lazer e que já gere algumas termas no país.
A autarquia das Caldas, pela mão de Fernando Costa, em final de mandato deixa a solução do termal e do seu património de alguma forma resolvida, o que não deixa de ser também importante, neste fim de ciclo.
Entretanto, sabe o JORNAL das CALDAS que o hospital termal vai continuar encerrado por mais umas semanas, até que cheguem os resultados das últimas análises pedidas pelo delegado de saúde pública, depois do mesmo ter solicitado uma intervenção da direção geral de saúde, que inspecionou o edifício termal.
Mais pormenores sobre este tema serão dados na próxima edição, com declarações de Carlos Sá, presidente do CHO, e de Fernando Costa, presidente da Câmara das Caldas.

Carlos Barroso
Tags: Caldas, Rainha
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Carlos Gaspar12-04-2013 às 17:08
Votação (0)
Como é possível isto acontecer tão rapidamente, quando os partidos representados na assembleia municipal tiveram uma reunião com o carlos sá e, insatisfeitos com a falta de resposta do mesmo, aprovaram uma moção que enviaram às entidades competentes a exigir esclarecimentos urgentes sobre este assunto até ao dia 30 de Abril de 2013? Ao mesmo tempo, nessa mesma assembleia o fernando costa disse nada saber do estado da situação? Perdoem-me mas ele, como aliás há anos tem vindo a fazer, mentiu aos deputados municipais e ao público presente. Como vai ser? Será que alguém terá coragem para lhe dizer na cara que ele não passa de de um ALDRABÃO? Veremos.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar