Login  Recuperar
Password
  10 de Dezembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas da Rainha, Caldas / Política
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Votação na escola do Bairro da Ponte no rés-do-chão

A instalação de todas as mesas de voto no rés-do-chão na escola do Bairro da Ponte, deixando de estar no primeiro andar, permitiu evitar queixas dos eleitores, nomeadamente os com dificuldade de locomoção ou deficiência física, como aconteceu em escrutínios anteriores.

09-10-2019 | Francisco Gomes

Ida às secções de voto na escola decorreu sem obstáculos
Ida às secções de voto na escola decorreu sem obstáculos
O presidente da União de Freguesias de Santo Onofre e Serra do Bouro, Jorge Varela, tinha dado conta de problemas de acessibilidade aquando das eleições para o Parlamento Europeu.
Se até antigamente era amenizada com a colocação das mesas de voto para as pessoas com mais idade no piso térreo, com a nova legislação que fez a divisão dos eleitores por ordem alfabética, isso já não foi possível nas Europeias e várias pessoas só conseguiram votar com a ajuda dos bombeiros, mas houve quem recusasse ser levado ao colo até ao primeiro andar.
O autarca defendeu a transferência do local de voto para a Universidade Sénior (antiga UAL), junto à Biblioteca, mas a proposta não passou na assembleia de freguesia.
Contudo, a alteração que fez aumentar o número de eleitores por secção, de 1000 para 1500, fez reduzir o número de mesas de 9 para 7, permitindo concentrá-las todas no rés-do-chão da escola.
Jorge Varela continua a defender que “não é o local ideal”, tendo já o PS sugerido a Escola Raul Proença, mas para já não foi necessária a alteração.
O autarca social-democrata aponta como dificuldades o estacionamento em redor da escola do Bairro da Ponte e a necessidade de encerramento do estabelecimento de ensino à sexta à tarde e segunda de manhã, para montagem e desmontagem das mesas de voto e limpeza.
Nas eleições de 6 de outubro a Câmara conseguiu que houvesse aulas na segunda de manhã, mas para isso as casas de banho estiveram fechadas no domingo de modo a não ser necessário proceder à lavagem. Apenas funcionou uma casa de banho de serviço para quem estava nas mesas. Para os eleitores não havia, mas não houve queixas.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar