Login  Recuperar
Password
  11 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Peniche
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Urgência de Peniche pode reabrir na Páscoa

O Município de Peniche revelou que é intenção do conselho de administração do Centro Hospitalar do Oeste reabrir o serviço de urgência do hospital de Peniche após a próxima sexta-feira, quando terminam os obrigatórios catorze dias de quarentena por ter sido detetado um enfermeiro infetado, o que levou ao encerramento da valência.

06-04-2020 | Francisco Gomes

O serviço de urgência do hospital de Peniche está fechado devido à Covid-19
O serviço de urgência do hospital de Peniche está fechado devido à Covid-19
Segundo informou a autarquia, três profissionais de saúde (um médico e dois enfermeiros) foram confirmados como casos positivos por infeção do coronavírus. Os restantes 29 deram resultado negativo.
Assim, “caso não ocorra nenhuma outra circunstância anómala”, o serviço de urgência estará em condições de reabrir.
A administração do hospital já tinha admitido dificuldades em contratar uma nova equipa para substituir a que ficou de quarentena, pelo que aguarda o fim deste período para os profissionais não infetados voltarem ao serviço.
A origem da infeção terá sido um doente que foi sujeito ao teste à covid-19 no Hospital de Santa Maria e deu negativo. O doente foi então transferido para Peniche, onde voltou a ser submetido ao teste e acusou positivo, tendo sido transferido para Caldas da Rainha. Um enfermeiro que tinha estado em contacto com ele em Peniche acusou positivo, fazendo com que a equipa de serviço na urgência básica fosse enviada para casa para cumprir um regime de quarentena em domicílio.
Uma vez que o número de profissionais do serviço que não se encontra de quarentena não é suficiente para manter a urgência a funcionar, a administração teve de encerrá-la.
Aos doentes que atualmente se dirigem à urgência está garantido o primeiro apoio no centro de saúde ao lado do hospital, das 8h às 20h, todos os dias, e fora desse horário os utentes devem dirigir-se à urgência médico-cirúrgica de Caldas da Rainha. Caso precisem de transporte, os utentes devem contactar o segurança da unidade de Peniche e dar conta dessa necessidade. Em alternativa devem ligar para o 112 para garantirem o socorro.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar