Login  Recuperar
Password
  26 de Novembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Cadaval
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Surto em lar de Alguber com 34 infetados

23 idosos e onze funcionários de um lar na freguesia de Alguber, no concelho do Cadaval, estão infetados com Covid-19, informou a autoridade de saúde local.

24-10-2020 | Francisco Gomes

Contágio no lar do Centro Social e Paroquial de Alguber
Contágio no lar do Centro Social e Paroquial de Alguber
A deteção de alguns casos levaram à realização de uma testagem massiva na estrutura residencial para pessoas idosas (ERPI), confirmando na passada quarta-feira “um surto de dimensão elevada”, sublinhou a Câmara Municipal do Cadaval. Sete idosos e dezanove funcionários tiveram resultado negativo.
A autarquia alertou que “importa evitar convívios sociais de âmbito lúdico (festas e situações similares), que envolvam contacto próximo entre várias pessoas”, adiantando que “a investigação levada a cabo pela autoridade de saúde conclui que o surto poderá ter resultado, precisamente, de uma situação deste tipo”.
O presidente da Câmara, José Bernardo Nunes, declarou que o contágio terá tido origem numa festa de aniversário na Gouxaria, aldeia colada a Alguber, onde terão sido contaminados alguns jovens. O vírus atingiu depois a mãe de um deles, que é funcionária do lar do Centro Social e Paroquial de Alguber.
“Lembramos que neste declarado estado de calamidade os ajuntamentos estão limitados a um máximo de cinco pessoas, em situações de natureza pública. No entanto, também em contextos de natureza privada deve esse comportamento preventivo ser mantido, sabendo que podemos estar a colocar em risco vidas humanas”, manifestou.
Segundo a autarquia, “o protocolo de atuação nestas situações está já em marcha, sendo que todos os casos identificados estão já em condição de isolamento”.
“A monitorização está a ser feita por parte da autoridade de saúde pública, contando com a colaboração ativa da proteção civil municipal, segurança social e junta de freguesia de Alguber”, relatou a Câmara, que justificou que “dada a subida drástica ocorrida na situação epidemiológica concelhia, tornou-se necessário referenciar, publicamente, o local do mesmo surto”.
O padre Ricardo Jacinto, presidente do Centro Social e Paroquial de Alguber, explicou que foi aplicado o plano de contingência, “com a separação dos espaços entre positivos e negativos”. “A maioria está assintomática e não há casos preocupantes por enquanto”, referiu.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar