Login  Recuperar
Password
  3 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Política
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Socialista contra instalação de posto de combustíveis

O vereador Jaime Neto, do Partido Socialista, apresentou uma declaração de pronúncia desfavorável relativamente ao pedido de informação prévia sobre a viabilidade de construção e montagem de um posto de abastecimento de combustíveis, a implantar na Rua Etelvino dos Santos, na União das Freguesias de Caldas da Rainha - Santo Onofre e Serra do Bouro, num processo titulado pela empresa Sodirainha, Supermercados Lda.

03-01-2020 |

“Este posto de abastecimento de combustíveis líquidos de gasolinas e gasóleos com 127,80 m2 e capacidade para 100.000 litros, sob a marca “Intermarché”, insere-se num prédio constituído por uma parcela de terreno cedida para efeitos de integração no domínio público municipal destinada a espaços verdes e equipamentos de utilização coletiva, com uma área aproximada de 1 244,00 m2”, descreve o autarca.

O vereador socialista entende que “a construção e montagem de um posto de abastecimento de combustíveis envolve sempre uma especial perigosidade, nomeadamente em ambiente urbano consolidado”, apontando ser “uma atividade comercial que, pelas caraterísticas do seu exercício, provoca cheiros e gases tóxicos ou irritantes, para além de um depósito com 100.000 litros de combustível ser ainda muito susceptível de poder vir a ter impactos negativos em cursos de água situados nas suas proximidades”. 

“Existe, de facto, uma linha de água a 38 metros. Acresce ainda que a eventual construção e montagem de um posto de abastecimento e combustíveis neste terreno ficaria situado a cerca de 125 metros do futuro Centro de Saúde de Santo Onofre, atualmente em construção, afetando negativamente a desejável qualidade do ar junto a um centro de saúde”, sublinha.

Na sequência desta declaração, o presidente da Câmara, Tinta Ferreira, remeteu o processo para os serviços jurídicos.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar