Login  Recuperar
Password
  24 de Fevereiro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Serviço de Medicina Transfusional reorganizado no hospital das Caldas

O Serviço de Medicina Transfusional (imunohemoterapia) da unidade de Caldas da Rainha do centro hospitalar do Oeste (CHO) foi reorganizado e conta com um novo espaço físico, em funcionamento desde o passado dia 1. Com uma área total de 130m2, a valência divide-se em dois gabinetes médicos, hospital de dia de imunohemoterapia, laboratório de imunohematologia, uma área para banco de sangue, um destinado a vestiário e arrecadação e uma área de secretária, que funciona em espaço contíguo ao serviço.

17-12-2013 | Marlene Sousa

O Hospital de Dia de imunohemoterapia permite que os utentes que necessitem de transfusões de sangue o façam com mais tranquilidade
O Hospital de Dia de imunohemoterapia permite que os utentes que necessitem de transfusões de sangue o façam com mais tranquilidade
As novas instalações do Serviço de Medicina Transfusional foram apresentadas à comunicação social no passado dia 12, em visita guiada pela diretora do serviço, Ana Brandão e o presidente do Conselho de Administração do Centro do CHO, Carlos Sá.
“O serviço onde trabalham seis técnicos, e dois médicos estava disperso, e mudou para um espaço próprio com mais tranquilidade para trabalhar o que é muito importante, porque onde estávamos havia muito movimento”, disse a diretora do Serviço de Medicina Transfusional do CHO.
O serviço é responsável por garantir a aplicação racional de componentes sanguíneos aos doentes internados nos serviços médicos e cirúrgicos, serviço de urgência, blocos operatórios, maternidade e ainda em ambulatório no hospital de dia de imunohemoterapia. “É um serviço de urgência permanente (24 horas por dia) e transversal a toda a instituição, tendo como principais objetivos assegurar a gestão rigorosa das existências de componentes sanguíneos, promover a segurança no processo transfusional e garantir a eficiência dos resultados analíticos imuno-hematológicos”, explicou a responsável pelo serviço.
A valência conta com áreas externas de apoio aos doentes, nomeadamente a consulta externa e o hospital de dia de imunohemoterapia. Segundo a diretora, do serviço, a consulta externa destina-se sobretudo ao estudo das anemias, alterações de coagulação, poliglobulias e hemocromatoses. O hospital de dia de imunohemoterapia permite tratar doentes em regime de ambulatório, traduzindo-se numa melhoria significativa da qualidade de vida desses mesmos doentes. “Permite também uma gestão adequada dos recursos hospitalares, reduzindo o tempo de internamento nalguns casos e evitando a ida dos doentes ao serviço de urgência quando não há indicação para isso”, sublinhou Ana Brandão.
Segundo Carlos Sá, “estas novas instalações, que representam um investimento na ordem dos 55 mil euros, permitem uma melhoria significativa nas condições de acolhimento, conforto e atendimento aos utentes que ocorrem a este serviço”.
Carlos Sá diz que tinha como principal objetivo para 2013 fazer a reorganização de alguns serviços e no caso especifico das Caldas da Rainha, recuperar algumas das áreas. “O que está acontecer agora, com o melhoramento de alguns serviços, já estava projetado em 2012”, explicou o presidente do conselho de administração, revelando que no futuro será reorganizado o serviço de patologia e o serviço de urgência da unidade de Caldas da Rainha”.
O CHO apresentou no mês de outubro as novas instalações da ala de ginecologia e da consulta externa de pediatria. Foram investidos cerca de 87 mil euros na reorganização dos serviços de ginecologia, obstetrícia e pediatria, que passaram a ter mais camas e melhores condições.
Depois de uma interrupção de dois anos, a valência de oftalmologia do Hospital das Caldas da Rainha retomou a 4 de novembro as consultas externas da especialidade com a remodelação de um novo espaço para o serviço e novos equipamentos que custaram cerca de 40 mil euros.

Marlene Sousa
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar