Login  Recuperar
Password
  24 de Março de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade, Caldas da Rainha, Educação
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Dia do Diploma

Quadro de Valor destacado no Agrupamento de Escolas Raul Proença

Foi com entusiasmo que cerca de 150 alunos da Escola Secundária Raul Proença que concluíram o 12º ano no ano letivo 2017/2018 receberam os diplomas dos cursos Cientifico-Humanísticos e Profissionais. A cerimónia do “Dia do Diploma” decorreu no salão polivalente da escola no passado dia 28 e, para além dos certificados de conclusão do secundário, também foram entregues os diplomas de mérito e de valor. É uma iniciativa que tem vindo a realizar-se de alguns anos a esta parte, com o objetivo de valorizar o trabalho dos estudantes e o sucesso escolar alcançado.

04-10-2018 | Marlene Sousa

 Para além dos certificados de conclusão do secundário, também foram entregues os diplomas de mérito e de valor
[+] Fotos
Para além dos certificados de conclusão do secundário, também foram entregues os diplomas de mérito e de valor
O dia do diploma contou com vários momentos musicais com a Academia de Música de Óbidos e do Conservatório de Caldas da Rainha.
A direção do Agrupamento de Escolas Raul Proença, professores, encarregados de educação bem como os autarcas convidados, o presidente da Câmara das Caldas, Tinta Ferreira, e o presidente da União de Freguesias de Santo Onofre e Serra do Bouro, Jorge Varela, estiveram presentes neste momento de celebração para testemunharem o sucesso académico que reflete o esforço, empenho, motivação e dedicação dos jovens.
“Por um lado, sinto saudades por vos ver ir embora, por outro sinto-me muito satisfeito por vos ver partir para uma nova etapa” – foi com este duplo sentimento que João Silva, diretor do Agrupamento de Escolas Raul Proença, se dirigiu aos alunos que terminaram o ensino secundário. Segundo o responsável, estes alunos “elevaram ainda mais o nome da Raul Proença, uma vez que “mais de 80% entraram no ensino superior na sua primeira ou segunda opção, o que significa que a escola está a dar as condições para eles atingirem os seus objetivos”.
A cerimónia contemplou os “Prémios de Mérito” atribuídos aos melhores alunos. Foram assim premiados Madalena Martins e Noa Pereira, do 6º ano, e Raquel Coelho e Maria Rita Lopes, do 9º ano.
Daniel Várzea foi o melhor aluno do profissional. Nos cursos científico-humanísticos, a melhor aluna foi Camila Costa (12º CT1). Maria Francisca Góis (12º CT1) foi a segunda melhor aluna. Em terceiro lugar, ficou José Pedro (12º CTLH).
A Escola Secundária Raul Proença tem sido reconhecida ano após ano como uma das escolas públicas com melhor desempenho nos exames nacionais do ensino secundário.
Apesar de dar importância à performance dos alunos, o diretor do Agrupamento pretende desmitificar a ideia que na Raúl Proença “é só estudar”. Por isso, o Agrupamento de Escolas Raúl Proença, com a sua dimensão humana, deu nesta cerimónia visibilidade ao Quadro de Valor que distinguiu os alunos que revelaram comportamentos/desempenhos reconhecidos a nível regional e nacional, ou seja, que levaram o nome da escola para fora. Também foram distinguidos os estudantes que através do voluntariado cívico e social se destacaram na ajuda aos outros.
Maria Carvalho (7ºA) foi distinguida por ter sido vice-campeã regional de natação no âmbito do desporto escolar. Já Carolina dos Santos (7ºF), foi reconhecida por ter obtido o primeiro lugar com o projeto “A Praça”, no Concurso de Empreendedorismo nas Escolas 2017/2018”, lançado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCIM) e Associação Empresarial da Região Oeste (AIRO). A ideia consistiu em melhorar e divulgar os produtos da praça das Caldas da Rainha. 
Lara Duarte, do 8º ano, recebeu o diploma de quadro de honra por ter alcançado o primeiro lugar no Concurso “Toma Lá Talento” promovido pela Câmara Municipal das Caldas, no qual participaram as várias escolas do concelho, contribuindo para o reconhecimento e elevação do prestígio do agrupamento.
Luís Mata (12º CTLH) foi reconhecido por ter aceite o desafio para apoiar uma colega da turma do décimo ano que tinha negativa a Matemática e precisava de quem a auxiliasse a superar as dificuldades. A aluna melhorou significativamente os seus resultados.
Camila Costa (12º CT1) melhor aluna por ter conseguido obter a classificação máxima a todas as disciplinas, sem deixar de manter sempre um alto nível de participação em atividades extracurriculares, foi distinguida também no Quadro de Valor por ser a melhor surfista nacional, depois de ter terminado a final da etapa do Pro Júnior Europeu no quarto posto.
Destaca-se o facto de ter alcançado o estatuto de Alto Rendimento desportivo (nível C) atribuído pelo Instituto Português de Surf, em abril, tendo participado, ao longo do ano, em inúmeras competições e estágios, dos quais resultaram excelentes qualificações como campeã da Taça de Portugal em Surf Open feminino (Figueira da Foz), nono lugar em representação da Seleção Portuguesa de Surf Júnior, segundo lugar em Peniche, entre outros. Camila destaca-se ainda nas preocupações sociais e ambientais, onde apresentou uma proposta para o Orçamento Participativo Jovem das Caldas (jardins verticais em um ou mais edifícios da cidade).
Também foram destacados e receberam o diploma de Quadro de Valor os 28 alunos (Carolina Lopes, Maria Santos, Raquel Costa, Rita Piño, Sofia Reis, Verónica Pits, Joana Belbute, José Costa, Ângela Correia, Beatriz Teixeira, Bruna Fresco, Gonçalo Coutinho, Mariana Marques, Menina Boon, Afonso Gomes, Ana Brás, Carolina Pereira, Rafael Constantino, Sara Oliveira, Mariana Cadaveira, Marine Boutet e Jéssica Mata) que integraram o projeto de voluntariado “Conto Contigo/Apoios em Sala de Aula”. O projeto foi desenvolvido com as crianças com mais dificuldades na leitura das escolas do 1º ciclo do Bairro dos Arneiros, do Bairro da Ponte e da EB de Santo Onofre. Os estudantes mais velhos não só promoveram o gosto pela leitura como ajudaram as crianças com os trabalhos da escola. Segundo o diretor do agrupamento, a “intervenção dos voluntários foi considerada uma ação exemplar de carácter solidário e contribuiu para a superação das dificuldades dos colegas mais novos”.
Como o projeto foi positivo e superou as expectativas, o intuito é “continuar neste ano letivo com outra dimensão, onde queremos juntar mais voluntários”, apontou João Silva.
O presidente da Câmara das Caldas, Tinta Ferreira, recordou que também foi aluno na Raúl Proença. Desejou a todos os melhores êxitos na vida, “seja para os que vão continuar a estudar, ingressando no ensino superior, seja para aqueles que a partir de agora procuram a inserção no mercado do trabalho numa sociedade cada vez mais competitiva, onde a formação é cada vez mais valorizada”.
Destacou o extraordinário exemplo da educação nas Caldas, nomeadamente o Agrupamento Escolas Raúl Proença, onde os “alunos saem preparados para os novos desafios”.
O autarca deixou um desafio aos jovens estudantes: o de “terem ao longo da vida uma atitude contínua de formação e valorização ao longo da vida’”.
Terminou, reiterando votos de felicidade aos alunos e encarregados de educação. Para os professores deixou uma palavra de alento para continuarem a trabalhar no sentido de ajudar a “formar a juventude para construção de um futuro mais promissor”.
Joana Queimadela, presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas Raúl Proença, que resultou da fusão das associações da EB de Santo Onofre e da Escola Raul Proença, apresentou o novo site que foi criado por um aluno e professora de informática. Nesta nova plataforma e de interação com os encarregados de educação são disponibilizadas informações diversas.
O agrupamento e alguns patrocinadores asseguraram o prémio monetário aos melhores alunos. Os estudantes do 6º ano receberam 50 euros, 9º ano 70 euros, profissional e 3º lugar, 120 euros, 2º lugar 150 euros, e 200 euros para o melhor aluno, em vales para comprarem livros e material no Staples e na Pitau.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar