Login  Recuperar
Password
  5 de Dezembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Praça da Fruta deve voltar ao centro das Caldas a 12 de agosto

A Praça da Fruta das Caldas da Rainha, deslocada para a Expoeste devido à pandemia da Covid-19, vai voltar a 12 de agosto à Praça da República, com novas regras de circulação e segurança, anunciou o presidente da Câmara.

01-08-2020 | Marlene Sousa

O tabuleiro da Praça da Fruta será vedado com gradeamento que se coloca e retira todos os dias
O tabuleiro da Praça da Fruta será vedado com gradeamento que se coloca e retira todos os dias
“Contamos que a 12 de agosto haja condições e autorização das autoridades de saúde pública para voltar a realizar a Praça da Fruta na sua localização original”, afirmou nesta sexta-feira Tinta Ferreira.
Face à pandemia, o regresso ao tabuleiro vai obedecer a “novas regras”, entre as quais a criação de “uma aplicação informática que permita gerir dia a dia a sua ocupação com um limite de 100 pessoas em permanência”, espaçando a localização das bancas “nos dias em que nem todos os vendedores estejam presentes”, explicou o autarca.
Tinta Ferreira disse que a praça será vedada com gradeamento que se coloca e retira todos os dias.
O mercado da fruta terá três entradas: uma no topo do tabuleiro, uma virada para a rua das Montras e outra na zona mais abaixo. “Para a Rua da Liberdade não, para evitar que se utilize a praça só como passagem”, revelou.
A câmara vai ainda implementar “corredores de circulação de sentido único para os clientes não se cruzarem” e a “proibição de tocar nos produtos expostos" no mercado, onde serão obrigatórios o uso de máscara e a desinfeção das mãos com álcool-gel”.
“É um grande investimento para o Município, com a necessidade de haver contratação externa para maior segurança para todos”, adiantou o presidente.
A praça da fruta, um dos poucos mercados do país a céu aberto, foi transferida em 17 de abril para a Expoeste, devido às medidas de contenção da pandemia da Covid-19.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar