Login  Recuperar
Password
  3 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

“Pink Room By Dora” aposta no digital para resistir à Covid-19

Um pouco por todo o país, empresas e estabelecimentos comerciais encerraram portas, sem data para reabrir devido à epidemia da Covid-19, obrigando assim os trabalhadores a reinventarem-se e a procurar alternativas para chegar aos clientes. É o caso da hairstylist caldense Dora Henriques, que detém o “Pink Room By Dora”, em Caldas da Rainha, e que decidiu apostar tudo na vertente digital para interagir todos os dias com as suas clientes, através de “diretos, vídeos e ofertas”, nas redes sociais.

07-04-2020 | Mariana Martinho

Dora Henriques usa as redes sociais para continuar a divulgar o seu negócio
[+] Fotos
Dora Henriques usa as redes sociais para continuar a divulgar o seu negócio
Com o espaço aberto desde outubro do ano passado, no 1º andar do nº4 da Rua do Rosário nº 4, no topo da Praça da Fruta, Dora Henriques encerrou temporariamente o estúdio devido ao estado de emergência, pensando assim “na saúde da nossa comunidade, em especial das nossas clientes”.
Face à situação, a jovem, que trabalha na área desde os 18 anos, decidiu dar continuidade na vertente digital o que já vinha desenvolvendo, mas que o trabalho no salão não lhe permitia ter tempo para o fazer.
“Temos de manter o contacto para que entendam que estamos juntos no mesmo barco e procurar fidelizar novas clientes”, explicou Dora Henriques, apontando que “no meu setor, como em tantos outros, os apoios não foram muitos, e no meu caso em específico foram zero, por isso não se avistam tempos fáceis”.
Apesar de alguns projetos terem ficado em stand-by, Dora mostra-se confiante que “o serviço de cabeleireiro vai ter bastante movimento assim que for possível voltar a exercer”. Como tal, o “Pink Room by Dora irá voltar ainda mais forte”.
Além dos diretos nas redes sociais, onde procura sobretudo o contacto, estabelecer conversa e esclarecer dúvidas, Dora Henriques também publica semanalmente vídeos em que pretende passar “boas práticas” do que se pode fazer em casa, no que diz respeito ao cabelo, “principalmente em período de quarentena, que nos sobra mais tempo, por exemplo fazer um styling de ondas”. Igualmente promove ofertas como forma dinamizar a página e o conceito do Pink Room by Dora, que antes da Covid-19 estava a “correr super bem, com a vinda de clientes de outras regiões”.
As atividades têm “corrido bem, dentro do possível, com muita esperança que rapidamente voltaremos à normalidade”.
Recentemente, Dora também tinha sido convidada para integrar a equipa de educação de L’oreal professionnel Portugal, da qual já faz parte desde janeiro. Entre os vídeos e os diretos nas redes sociais, a caldense encontra-se em formação para se aperfeiçoar “a fazer aquilo que melhor sei fazer ao nível de coloração”. Nesse sentido “não será esta pausa que vai parar esta oportunidade, nem o Pink Room”, que em tempos normais se dedica, de segunda a sábado, a serviços de cabelo e de maquilhagem, através de marcação.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar