Login  Recuperar
Password
  11 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Cadaval
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Comemorações do Feriado Municipal

Orçamento Participativo do Cadaval 2020 pretende “premiar mais do que uma proposta”

Na passada segunda-feira celebrou-se o Feriado Municipal no Cadaval, que assinalou os 122 anos da restauração do concelho. Além das atividades de âmbito cultural e desportivo, também foram entregues os diplomas de participação aos 14 projetos finalistas do Orçamento Participativo do Cadaval 2019 e lançado o Orçamento Participativo 2020, que pretende “premiar mais do que uma proposta”.

15-01-2020 | Mariana Martinho

Cerimónia de entrega dos certificados referentes ao Orçamento Participativo do Cadaval 2019
[+] Fotos
Cerimónia de entrega dos certificados referentes ao Orçamento Participativo do Cadaval 2019

As comemorações começaram logo de manhã com o hastear da bandeira, junto aos Paços do Concelho, onde marcaram presença as entidades oficiais e a fanfarra dos Bombeiros Voluntários do Cadaval. Em seguida dirigiram-se para o auditório municipal para a cerimónia de entrega dos certificados referentes ao Orçamento Participativo do Cadaval 2019, que decorreu entre abril e novembro do ano passado e que englobou diversas fases, sendo que uma das mais relevantes foi a de apresentação e aprovação das propostas nas assembleias participativas das diferentes freguesias.

Nesta primeira edição de um concurso que promove a participação cívica nas decisões locais e que levou às urnas cerca de 1500 cadavalenses, o projeto vencedor, com 257 votos, foi o “Parque Infantil e Parque de Merendas do Painho”. Esta proposta, que é assinada por Tiago Garcia, Ana Raquel vargas, Isabel Lucas e José Fidalgo, direciona-se ao terreno anexo ao Polidesportivo do Painho e conta com o valor estimado, por parte da equipa proponente, de cerca de 52 mil euros.

Além de dinamizar o polidesportivo, também pretende dotar o Painho “de um equipamento onde as crianças possam brincar, onde toda a população possa praticar exercício físico e simultaneamente incentivar o convívio entre todas as gerações”.

Este projeto, segundo o vereador da Câmara Municipal, Dinis Acácio, será “uma das obras que constam no orçamento do municipal para este ano”. Igualmente referiu que “esta foi a primeira edição do concurso, que queremos que continue a fazer parte do dia-a-dia do município”. 

Já o presidente da Câmara Municipal, José Bernardo Nunes, destacou que “esta primeira edição correu muito bem e tenho a esperança que continue assim nas próximas edições”, sendo que “este ano haverá alterações”. “Uma das questões será, caso se mantenham os 60 mil euros, vamos começar a premiar um projeto a 30 mil e dois a 15 mil”, sublinhou o edil, adiantando que a “ideia é poder contemplar mais propostas nesta verba”. 

Além do projeto vencedor também os responsáveis pelas restantes propostas finalistas, como o Parque Infantil de Alguber, transformação de chassis e aquisição de equipamento para o novo veículo florestal de combate a incêndio, reabilitação de um espaço com uma simples cobertura, Parque de Gerações, Parque de Lazer da Felicidade, Freguesias em Movimento, À descoberta dos afluentes do Rio Real, evento medieval, reparação das paredes do edifício e da vedação do Campo de Jogos do Cadaval, equipamentos de brincar para o recreio da EB1/JI do Cadaval, da nascente até à fonte, Parque Social Inclusivo do Cadaval e Aquajunto, receberam os certificados de participação. 

Igualmente foram entregues os prémios aos vencedores do Concurso "Natal é no comércio tradicional", promovido pela Câmara, em que participaram 17 estabelecimentos comerciais. De seguida houve a tradicional eucaristia pelos beneméritos do concelho, na Igreja Matriz do Cadaval, o concerto de solistas da Academia de Música de Óbidos, no auditório Valentina de Abreu (Bombeiros Voluntários do Cadaval), e por fim, o descerramento de placa toponímica em homenagem ao antigo presidente de Junta, Viriato Geada de Carvalho, na localidade da Murteira.


Outras atividades do Feriado Municipal


Este ano, as comemorações do Feriado Municipal do Cadaval arrancaram durante o fim-de-semana, com a inauguração na Biblioteca Municipal da exposição de pintura “Estudos sobre retratos célebres”, da autoria de Selma Saraiva Fuster, filha do médico Mário Saraiva, que residiu e trabalhou no concelho, consagrado também enquanto crítico literário. 

A mostra, que integra um total de 34 telas, que esboçam, designadamente, retratos célebres, mas também paisagens e “natureza morta”, ficará patente ao público até ao dia 31 de janeiro. 

Houve no mesmo local a cerimónia de entrega dos Prémios Municipais de Mérito Escolar e Mérito Desportivo relativos ao ano letivo transato (2018/19). 

Igualmente decorreu a habitual prova de corta-mato infantil, no Parque de Lazer da vila cadavalense e ainda o concerto de ano novo pelo Grupo Coral do Cadaval, uma vez mais, na Igreja Matriz. 


Menos habitantes


No município do Cadaval, segundo os dados divulgados pela Portdata, o número de habitantes diminuiu nos últimos oito anos, passando de 14.257 em 2010 para 13.672 habitantes em 2018. Em cada 100 residentes, 2 são estrangeiros, 12 jovens com menos de 15 anos, 61 adultos e 27 idosos com 65 ou mais anos. 

O mesmo estudo refere que por cada 100 residentes com 15 ou mais anos, há 41 pensões atribuídas pela Segurança Social e pela Caixa Geral de Aposentações, e que há 215 idosos por cada 100 jovens, o que significa que são mais 58 idosos do que a média nacional. Por outro lado, o número de óbitos aumentou de 203 para 224 pessoas, e o número de nascimentos diminuiu de 129 para 79 bebés. 

Em relação ao número de desempregados inscritos nos centros de emprego, o estudo indica que existem 307, menos de 43% dos inscritos em 2010, com 535. 

No que diz respeito à autarquia, o estudo refere que o saldo financeiro da Câmara Municipal passou de menos 92 mil euros em 2010 para 504 mil euros em 2018, sendo que as receitas aumentaram de nove para onze milhões de euros, e por sua vez, as despesas também aumentaram de 9,3 para 10,5 milhões de euros. 

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar