Login  Recuperar
Password
  20 de Junho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Peniche
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Mulher identificada por detenção ilegal de espécies exóticas

Uma mulher, com 58 anos, foi identificada no passado dia 31 pelo Núcleo de Proteção do Ambiente de Caldas da Rainha da GNR por estar na posse de três aves exóticas, em cativeiro, da família Psittacidae.

06-02-2019 | Francisco Gomes

Uma das aves apreendidas
Uma das aves apreendidas
No decorrer de uma ação de patrulhamento no concelho de Caldas da Rainha os militares detetaram a existência, no anexo de uma residência, de um papagaio diadema “Amazoba Autumnalis”, um aratinga de bando “Psittacara Leurocophthalmus” e um inseparável de fischer “Agapornis Fischeri”, sem a respetiva declaração ou registo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES).
As aves foram apreendidas, sendo elaborado o respetivo auto de notícia por contraordenação. A infração por detenção de uma espécie exótica, em cativeiro, sem a devida declaração CITES, é punível com uma coima mínima de 2 000 euros e máxima de 20 000 euros.
As aves da espécie exóticas foram apreendidas, tendo sido nomeado fiel depositário a sua detentora/proprietária.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar