Login  Recuperar
Password
  11 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Mercado da Praça da Fruta suspenso a partir de segunda-feira

A suspensão de funcionamento do mercado da Praça da Fruta acaba de ser determinada pela Câmara Municipal das Caldas da Rainha, com efeitos a partir da próxima segunda-feira.

14-03-2020 |

Venda na Praça da Fruta vai ser interrompida por causa do Covid-19
Venda na Praça da Fruta vai ser interrompida por causa do Covid-19
A autarquia resolveu anunciar medidas adicionais às já anteriormente divulgadas. Entre elas constam a redução em cinquenta por cento a lotação do Toma para possibilitar maior distância social entre os utilizadores, redução em cinquenta por cento a lotação do parque de caravanas da Foz do Arelho, suspensão do atendimento no Centro de Produtos Regionais, suspensão de utilização de todos os parques infantis e parques de utilização fitness públicos no concelho.
A entrada na Câmara Municipal vai ser feita pela porta do antigo Turismo (atual julgado de paz), na lateral do edifício. O atendimento presencial irá realizar-se apenas no rés-do-chão do edifício. O horário de funcionamento do atendimento será entre as 9h00 e as 16h30. Devem ser privilegiados os contactos por telefone ou correio eletrónico.
O Município irá colaborar com as orientações emanadas do governo no sentido de proporcionar refeições aos alunos carenciados (Escalão A) e ainda na criação de condições de acolhimento em horário escolar dos alunos até aos doze anos, filhos de profissionais de serviços essenciais, como sejam médicos, enfermeiros, auxiliares de ação médica, bombeiros, PSP e GNR.
Relativamente ao lixo, é feito um apelo a que os sacos sejam devidamente fechados, salvaguardando os funcionários que têm de os manusear.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar