Login  Recuperar
Password
  31 de Março de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Menor esteve um dia desaparecido

Após mais de 24 horas sem se saber do seu paradeiro, o que motivou buscas dos bombeiros e GNR nos concelhos de Óbidos e Bombarral, onde estuda e reside, respetivamente, João Pedro, de 17 anos, acabou ao final da tarde da passada quinta-feira por ser localizado na central de transportes do Bombarral, por um popular, alertado pela divulgação do desaparecimento na imprensa e nas redes sociais.

19-02-2020 | Francisco Gomes

Bombeiros de Óbidos realizaram buscas
Bombeiros de Óbidos realizaram buscas

“Estava debilitado e psicologicamente de rastos, mas aparentemente não tem nada do ponto de vista físico”, disse a mãe, Patrícia Gonçalves, que acompanhou o adolescente “para observação” no hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Depois de ter faltado às aulas, ficou incontactável pelo telemóvel e terá passado a noite de quarta-feira na rua, no Campo Grande, em Lisboa, em circunstâncias que a mãe desconhece e que assegura nunca antes ter acontecido.

Patrícia Gonçalves estava destroçada, assegurando que “não havia indício nenhum que indicasse que pudesse querer fugir”, apesar de estar a ser acompanhado por uma psiquiatra.

O adolescente tinha sido visto no dia do desaparecimento nas Caldas da Rainha e depois em Amoreira, no concelho de Óbidos. Poderá ter caminhado cinco quilómetros até casa, na aldeia da Columbeira, para onde disse à mãe que se dirigia, quando esta falou com ele pela última vez ao telemóvel.

A GNR conseguiu obter a localização do sinal de telemóvel registado pela antena da Amoreira, mas desde então que o aparelho estava desligado. “As buscas concentraram-se naquela zona, entre estradas de alcatrão e caminhos rurais, e foi utilizado um drone, para além da partilha de informação nas redes sociais”, revelou o comandante dos bombeiros de Óbidos, Marco Martins.

No seguimento das diligências apurou-se que o jovem, que faltou às aulas, terá apanhado um autocarro da Rodoviária desde a aldeia onde reside até à vila do Bombarral, perdendo-se ali o rasto.

Segundo o comandante dos bombeiros, a divulgação do desaparecimento foi “preponderante para a localização do João Pedro”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar