Login  Recuperar
Password
  14 de Outubro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

“Lucky Anchor” reproduz o espírito e o ambiente da barbearia antiga americana

“Lucky Anchor” é como se designa a nova Barbearia Clássica, que abriu nas Caldas da Rainha, na Rua Doutor Leonel Sotto Mayor (nº 23 E). A inauguração decorreu no passado dia 25, com a presença de vários amigos.

04-10-2017 | Marlene Sousa

Diogo Cunha e Hugo Lourenço
[+] Fotos
Diogo Cunha e Hugo Lourenço

Cortes clássicos, barbas fartas, navalhas, toalhas quentes, ceras e pomadas, ambiente aconchegante com música dos anos 50, são características da “Lucky Anchor”, que recupera o estilo das antigas barbearias americanas.
Esse novo espaço enaltece a clássica barbearia de antigamente, onde a barba era feita na navalha e os cortes eram mais detalhados, trazendo os cortes mais clássicos, que nunca saíram da moda.
Ao entrar no espaço encontramos uma sala decorada com um estilo vintage, à moda americana dos anos 50 e 60. As paredes brancas estão repletas de quadros, existe um mini-frigorífico e a aparelhagem passa música swing e rock n´roll com uma viagem uma viagem aos 50´s e 60´s. Os sofás são de couro e há uma clássica cadeira de barbeiro Belmont que apareceu pela primeira vez na década de 30.
O proprietário, Diogo Cunha, é de Lisboa, e decidiu abrir o espaço nas Caldas da Rainha por ser uma cidade que considera que “está a crescer e que tem a conhecida escola de artes e design”.
Quer que a “Lucky Anchor” seja uma inspiração num ambiente “onde o cliente se sinta à vontade num clima amigável e descontraído”. Além dos cabelos, barbas e bigodes “bem-feitos”, dá “importância ao atendimento, com produtos específicos e toalha quente sobre o rosto”.
Diogo Cunha utiliza e vende no seu espaço a marca de pomadas Reuzel, que nasceu na Schorem, uma das barbearias mais respeitadas do mundo.
É formado em barbearia, especializado no corte para homens. “Faço o corte clássico e moderno”, afirma, acrescentando que prima “por um trabalho criativo de qualidade, com técnica”. “Aquilo que é moda nem sempre corresponde ao gosto das pessoas e o mais importante é saber ajustar o corte ou a barba ao estilo de cada cliente”, apontou.
E porque antigamente nas barbearias bebia-se uma cerveja ou um café, na “Lucky Anchor” também isto é possível.
Com a abertura deste espaço foram criados dois postos de trabalho.
A barbearia tem uma parceria para o serviço de tatuagens. O estabelecimento funciona de segunda a sexta-feira das 10h00 às 19h00. Aos sábados encerra às 14h00.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar