Login  Recuperar
Password
  21 de Janeiro de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Lapso do Governo colocou erradamente Caldas da Rainha em lista de risco elevado

Caldas da Rainha é um concelho de risco moderado – o mais baixo dos quatro níveis aplicados no novo mapa de risco devido à Covid-19 – e nunca esteve no patamar de risco elevado, como erradamente foi descrito na comunicação deste sábado do Primeiro-Ministro, António Costa.

22-11-2020 | Francisco Gomes

Comunicação do Primeiro-Ministro foi transmitida em direto pelos canais televisivos
Comunicação do Primeiro-Ministro foi transmitida em direto pelos canais televisivos
“Temos 17 concelhos que estavam em situação de risco elevado e que deixaram de estar nessa lista porque passaram a ter menos 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias”, declarou António Costa, referindo o nome das Caldas da Rainha como sendo um dos concelhos que deixavam de estar abrangidos pelas medidas restritivas aplicadas a concelhos com esse risco, o que motivou um coro de protestos nas redes sociais.
A Câmara Municipal das Caldas da Rainha manifestou ser “um lapso na comunicação do Governo”, uma vez que “Caldas da Rainha não era concelho de risco elevado e assim se mantém".
“Nos últimos 14 dias, Caldas registou menos de 240 casos por 100 mil habitantes - critério definido pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças”, sublinhou a autarquia, que esperava ver corrigido o erro, o que já aconteceu.
Foi já publicada pelo Governo uma nova informação, referindo que são apenas 15 concelhos que saem do risco elevado: Aljustrel, Alvaiázere, Beja, Borba, Carrazeda de Ansiães, Ferreira do Alentejo, Fornos de Algodres, Santa Comba Dão, São Brás de Alportel, Sousel, Tábua, Tavira, Vila Real de Santo António, Vila Velha de Ródão e Vila Flor.
Caldas da Rainha e Golegã foram retiradas, ficando assim retificada a informação inicial.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar