Login  Recuperar
Password
  19 de Setembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Mais incêndios na região com aumento da temperatura

A par do aumento da temperatura na semana passada registaram-se vários incêndios na região, tendo alguns deles envolvido o combate com meios aéreos.

11-09-2019 | Francisco Gomes

Incêndio em Maiorga, no concelho de Alcobaça (foto Anabela Dias)
[+] Fotos
Incêndio em Maiorga, no concelho de Alcobaça (foto Anabela Dias)
Dificuldade de acesso, temperatura alta e vento forte dificultaram as operações de combate ao incêndio, numa zona florestal de eucaliptos, em Maiorga, no concelho de Alcobaça, pelas 13h36 do passado sábado.
Segundo o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, o fogo terá começado num poste da PT que fez com que uma linha de média tensão da EDP caísse no terreno e originado as chamas.
Uma bombeira e um sapador foram transportados ao hospital de Alcobaça com ferimentos ligeiros. Algumas habitações estiveram em risco, mas os bombeiros conseguiram evitar a propagação das chamas às casas.
No local estiveram 140 bombeiros, com 41 viaturas e um helicóptero.
Em Cabreiros, Salir de Matos, um incêndio agrícola deflagrou no dia 4, cerca das dez da manhã, tendo sido combatido por 28 operacionais, cinco viaturas e um meio aéreo.
Na mesma localidade havia sido combatido um fogo pelos bombeiros no dia 2. Na ocasião foram mobilizados 29 operacionais, quatro viaturas e um meio aéreo.
No dia 3, no Vau e Santa Rufina, em Óbidos, várias corporações de bombeiros apagaram o fogo, ajudados por um helicóptero.
Na Pederneira, na Nazaré, foi registado no dia 2 um incêndio florestal, combatido por 30 operacionais, apoiados por sete viaturas e um meio aéreo.
No Olho Marinho, em Óbidos, no dia 1, foi combatido um incêndio florestal por 29 operacionais, seis viaturas e um meio aéreo.
Em todos os casos não houve habitações atingidas, apenas vegetação.
Considerando a declaração da situação de alerta para o período compreendido entre as 00h do dia 4 de setembro e as 23h59 do dia 10 de setembro, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, emitiu um despacho com medidas de exceção, como dispensa do serviço público dos trabalhadores da Administração Pública que desempenhem cumulativamente as funções de bombeiro voluntário, dispensa do serviço dos trabalhadores do setor privado que desempenhem cumulativamente as funções de bombeiro voluntário, nos distritos em que tenha sido declarado o estado de alerta especial de nível vermelho, como foi o caso de Leiria, e a proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas, nos distritos com alerta vermelho.

Aviões alertam para o perigo de incêndio

Considerando a necessidade de serem adotadas medidas preventivas e especiais de reação face ao risco de incêndio, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil operacionalizou uma ação adicional de sensibilização da população que consistiu na passagem de aeronaves ligeiras com uma faixa de publicidade com a seguinte mensagem: “Perigo de incêndio – não faça fogo”.
Esta ação de sensibilização decorreu entre os dias 6 e 8 de setembro, com a passagem destas aeronaves em rotas distintas: sul do Algarve, entre Sagres e Vila Real de Santo António, abrangendo no interior as zonas de Monchique, São Bartolomeu de Messines e São Brás de Alportel; Concelhos de Torres Vedras, Caldas da Rainha, Alcobaça, Marinha Grande, Leiria, Pombal e Coimbra; Concelhos de Alenquer, Santarém, Entroncamento, Tomar, Abrantes, Fátima, Ourém, Ferreira do Zêzere, Sertã e Proença-a-Nova.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar