Login  Recuperar
Password
  21 de Novembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

1ª Mão do Play-Off de acesso ao Top 12, escalão S18

Caldas RC/Ubuntu triunfa em Belas

Partida com grande expetativa entre duas equipas que representam diversos clubes com trabalho assinalável nos escalões de formação e de desenvolvimento do rugby português.

06-11-2019 |

Vitória premeia a melhor qualidade técnica e tática da equipa pelicana
Vitória premeia a melhor qualidade técnica e tática da equipa pelicana
Aos 9 minutos, uma boa iniciativa do 3ª linha Pelicano, Carlos Prieto, foi intercetada pelos visitados, e, após uma excelente circulação da oval chegaram ao toque de meta, à ponta. Conversão exemplar e o marcador em 7-0.
Finalmente, aos 15 minutos, e na sequência de uma série de fases nos últimos dez metros da equipa da casa, os pelicanos chegaram ao ensaio, por Carlos Prieto, que o próprio transformou.
1º Quarto: Belas RC/Sporting Rugby 7pts Caldas/Ubuntu 7pts.
Aos 18 minutos, aproveitando um erro no alinhamento dos pelicanos, os esquilos tiveram uma oportunidade de penalidade aos postes, que não enjeitaram.
Respondeu de imediato o Caldas/Ubuntu e entrada decidida de António Maltez a concretizar à ponta, repondo o marcador em vantagem para os visitantes. Transformação difícil para Carlos Prieto, que não foi concretizada.
O Belas/Sporting veio para cima do adversário. Boas fases dos seus avançados, muito poderosos, a colocar problemas na extrema defesa do Caldas /Ubuntu, obrigada a recorrer à falta. Aos 26 minutos e numa transformação aos postes, de penalidade, a castigar uma destas faltas, o chutador dos esquilos não falhou e colocou o resultado em 13-12.
Bem comandados pela energia do seu nº 8 Carlos Prieto, os pelicanos desenvolveram várias jogadas de ataque e após uma rápida da circulação da oval chegaram, aos 30 minutos a um ensaio pelo 1º linha Afonso “Animal” Oliveira. Carlos Prieto teve um pontapé difícil, que não resultou.
Soltos os pelicanos instalaram o desafio no meio campo adversário, e, na bola de jogo, chegaram ao quarto toque de meta, por Carlos Prieto, de novo, a concluir jogada à mão de fino recorte. Desta vez o pontapé de transformação de Carlos Prieto foi eficaz.
1º Tempo: Belas RC/Sporting Rugby 13pts (1E, 1T, 2P) Caldas/Ubuntu 24pts (4E, 2T).
Reentraram mais fortes os pelicanos na 2ª parte. Com o seu médio-de-abertura Manu Carriço mais solto de marcação, as jogadas à mão tornaram-se mais fluidas e perigosas.
Não estanhou que aos 39 minutos Manu Carriço chegasse ao ensaio, bem transformado por Carlos Prieto. Resultado em 13-31.
Aos 47 minutos nova jogada de compêndio, oval circulada a toda a largura e concretização pelo ponta Xico Oliveira.
Para terminar esta fase de total ascendente e domínio, mais um ensaio pelo nº 10 Manu Carriço, aos 50 minutos, a concluir corrida de mais de 70 metros. Transformação eficaz de Carlos Prieto.
3º Quarto: Belas RC/Sporting Rugby 13pts Caldas/Ubuntu 43pts.
Os esquilos mostraram que o espírito de verdadeira equipa de rugby não permite nunca desistir.
Aos 60 minutos o Belas/Sporting chegou ao ensaio, transformado pelo seu chutador, que evidenciou grande qualidade.
Na bola de jogo o prémio para a pressão dos esquilos, que chegaram ao merecido ensaio, de novo exemplarmente transformado.
Resultado final: RC Montemor 27pts (3E, 3T, 2P) Caldas/Ubuntu 43pts (7E, 4T).
O Caldas RC/Ubuntu mostrou mais rugby e a vitória premeia a melhor qualidade técnica e tática da equipa pelicana. Boa resposta dos jogadores do Belas/Sporting, sempre inconformados e que venderam caro a derrota.
O Caldas RC/Ubuntu alinhou com Afonso Oliveira (1E), André Gonçalves, António Maltez (1E), Carlos Prieto (2E, 4T), David Henriques, Francisco Oliveira (1E), Francisco Ribeiro, Gonçalo Afonso, (Ubuntu), Guilherme Colmonero, João Lami, João Salvado, José Contreras Lopes, Lucas Vitorino, Manuel Carriço (2E), Martim Ribeiro (Ubuntu), Ricardo Correia, Ricardo Lopes, Rodrigo Henriques (Cap.) e Salvador Palhoto; Treinador: Patricio Lamboglia; Diretor de Equipa: António Maltez.
No próximo domingo, pelas 12h00, o Caldas RC/Ubuntu jogará, nas Caldas da Rainha, a segunda mão do play-off de acesso ao Top12 do CN Sub18, frente ao RC Belas/Sporting Rugby.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Escolhas do Editor
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar