Login  Recuperar
Password
  28 de Setembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Videovigilância no Museu do Hospital e das Caldas para prevenir ‘graffitis’

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) vai instalar um sistema de videovigilância no exterior do Museu do Hospital e das Caldas, para prevenir a vandalização do espaço com mais ‘graffitis’, como tem acontecido.

12-02-2020 |

Em causa está um espaço de circulação pública, nas traseiras do edifício do museu, património do CHO, cujas paredes são sistematicamente alvo de “atos de vandalismo difíceis de controlar”.
Os jardins do edifício e um túnel que liga o museu à sede da administração hospitalar têm “diversos pontos de entrada” que a administração do CHO disse à agência Lusa ter tentado “minimizar através da remoção de uma escada e da colocação de uma fechadura no portão do túnel”. Porém, a fechadura “foi destruída na noite seguinte”.
O CHO tem igualmente tentado evitar a vandalização daquele património, integrado no antigo Palácio Real, através da iluminação do espaço e de “visitas periódicas” por parte da PSP e da empresa responsável pela vigilância nos edifícios da instituição.
Esforços que, no entanto, não têm impedido que as paredes sejam grafitadas e que levaram a instituição a “desenvolver um processo de consulta para aquisição de câmaras de videovigilância para tentar dissuadir a prática destes atos”.
O hospital vai também proceder à limpeza e pintura do local “assim que as condições climatéricas o permitam”.
O Museu do Hospital e das Caldas faz parte do conjunto patrimonial ligado ao Hospital Termal Rainha D. Leonor e expõe em permanência peças ligadas à história do hospital termal mais antigo do mundo.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar