Login  Recuperar
Password
  25 de Setembro de 2017
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

1ª Divisão

Caldas Rugby Clube 13 CRAV 12

Num sábado de chuva intensa assistiu-se, nas Caldas da Rainha, a mais um disputadíssimo jogo da “Primeirona”, sem dúvida a competição mais equilibrada do rugby nacional. Uma palavra para as boas condições do “pitch” caldense que, apesar da forte carga de água que sofreu antes e durante o encontro, proporcionou às duas equipas jogarem em segurança e com qualidade.

06-12-2016 |

Jogo muito equilibrado
Jogo muito equilibrado
A jogar a favor do vento, que se fazia sentir com média intensidade, os arcuzenses instalaram-se no meio campo caldense nos primeiros vinte minutos.
A partir desta fase, os pelicanos soltaram-se e começaram a pôr em prática o seu jogo caraterístico, com boas iniciativas da sua linha de 3/4. Erros de manuseamento foram, contudo, impedindo um jogo mais eficaz.
Ao intervalo registava-se um empate a sete. Depois houve um ascendente dos arcuzenses, que não conseguiram materializar em pontos. Resposta capaz dos pelicanos bem recompensada e jogo em aberto. Apenas alguns erros técnicos e de decisão das jogadas foi impedindo a concretização de pontos.
Os avançados do CRAV procuraram jogo de pressão, mas o Caldas defendeu com determinação, procurando com pontapés táticos e jogadas rápidas das suas linhas atrasadas colocar em dificuldades a defensiva contrária.
Qualquer das equipas merecia a vitória, que acabou por pender para os caldenses (13-12). Aceita-se o resultado, talvez fruto da maior crença e vontade demonstradas pelos Pelicanos, equipa mais jovem e inexperiente. Arbitragem competente.
O CRC alinhou com João Vicente, David Esteves, Rui Santos, Luis Gaspar, António Mil-Homens, Gonçalo Sampaio, Ricardo Marques (Cap.), Cristiano Manuel, Salvador Cambournac, Tomas Lamboglia, Diogo Vasconcelos, Jonathan Nolan, Tomas Jacinto, Mateus Neves, Gonçalo Silva, Filipe Nobre, Sebastião Vasconcelos, Filipe Gil e Leonardo Ferreira. Treinador: Patricio Lamboglia. Fisioterapeuta: João Raimundo/Physioclem. Diretor Equipa: Adelino Jacinto.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar