Login  Recuperar
Password
  17 de Novembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Cultura
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Exposição de calendário dos anos 50

“Heranças do passado numa viagem ao calendário dos anos 50” é o título da exposição de calendários que foi inaugurada na tarde do passado sábado no Museu de Ciclismo, nas Caldas da Rainha.

25-07-2018 | Rui Miguel

Gravuras
[+] Fotos
Gravuras
Para além dos calendários ilustrados com gravuras de um Portugal que, à época, “vestia de cinzento” e a que o vitralista Mário Costa deu cor às aguarelas que retratam costumes e tradições do país, impressas com grande qualidade na LitoMaia, a exposição conta também com um polo dedicado à meninice dos anos 50 do século passado.
Neste núcleo podem ver-se livros, publicações, contos infantis das coleções “Formiguinha”, “Majora”, “Manecas” e “Pim Pam Pum”, brinquedos de madeira, de lata e cartazes de filmes como “Branca de Neve”, “Joselito” e outros.
Mário Lino, responsável pelo museu, afirmou que “coisas muito simples, como os calendários, são muito boas para recordar outros tempos”
Neste evento foi prestada uma homenagem a Carlos Silva, colaborador do museu, recentemente falecido.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar