Login  Recuperar
Password
  31 de Março de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Óbidos
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Prevenção da Covid-19 em Óbidos

Bombeiros profissionais asseguram trabalho dos voluntários

O serviço operacional de primeira intervenção dos bombeiros de Óbidos será assegurado em exclusividade, durante 24 horas por dia, pelos bombeiros profissionais da corporação, libertando assim os voluntários da prestação de serviços escalonado até ao dia 9 de junho, com o objetivo de não os expor ao “elevado risco de contágio inerente ao eventual contacto e transporte de doentes suspeitos de contaminação” com a Covid-19, revelou a corporação.

21-03-2020 | Francisco Gomes

No quadro de comando e quadro ativo existem 110 elementos, dos quais 27 são profissionais
No quadro de comando e quadro ativo existem 110 elementos, dos quais 27 são profissionais
A iniciativa foi tomada pelos bombeiros profissionais da corporação de bombeiros de Óbidos, com o propósito de salvaguardar a segurança dos colegas bombeiros voluntários.
“Com esta medida de puro altruísmo e de elevada responsabilidade, todos os voluntários foram dispensados dos serviços de voluntariado de fins de semana, feriados e noturnos, sendo esses períodos assegurados exclusivamente pelos bombeiros profissionais”, comentou o comandante, Marco Martins.
“Ficam assim salvaguardados da exposição ao risco de contaminação os bombeiros voluntários, que apenas irão responder a eventuais necessidades de segunda intervenção”, indicou.
Os elementos de segunda intervenção são chamados quando os meios de primeira intervenção não são suficientes. Por exemplo, quando existe um incêndio é mobilizado no imediato um veículo de combate e uma ambulância. Sendo necessários mais meios de reforço é ativada a segunda intervenção.
No quadro de comando e quadro ativo existem 110 elementos, dos quais 27 são profissionais, que também fazem serviço de voluntário. Os 27 estão divididos em três brigadas e vão rodando entre eles, assegurando o serviço por completo.
O comando e direção agradecem a todos os bombeiros profissionais da associação humanitária de Óbidos que “abdicaram das suas famílias, que se irão expor a um maior risco para protegerem os colegas voluntários e que vão ficar em regime de internato, para garantir a segurança da população”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar