Login  Recuperar
Password
  17 de Julho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Educação, Peniche
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Professores aprendem a ensinar as crianças sobre a conservação do oceano

Peniche e Nazaré foram os dois municípios da região onde se iniciaram, na semana passada, novas sessões de formação de professores, no âmbito do programa «Educar para uma Geração Azul», desenvolvido pela Fundação Oceano Azul e pelo Oceanário de Lisboa, em parceria com a Direção-Geral da Educação.

10-07-2019 |

Iniciativa «Educar para uma Geração Azul»
Iniciativa «Educar para uma Geração Azul»

Esta formação foi disponibilizada a 96 professores do 1º ciclo do ensino básico, que lidam com mais de 1200 crianças neste nível de ensino, de todas as escolas de Peniche e da Nazaré.

Com estas novas ações de formação, o programa «Educar para uma Geração Azul» envolve já 337 professores, em 56 escolas distribuídas por Cascais, Mafra, Peniche e Nazaré, chegando, no total, a mais de 6.100 crianças.

Iniciado no ano letivo 2018/2019, em Mafra e Cascais, este programa pioneiro visa integrar a literacia do oceano na sala de aula e levar as crianças a crescerem conscientes da importância de contribuírem para a conservação do oceano, para que este continue a ser o principal sistema de suporte à vida no planeta.

«Educar para uma Geração Azul» permite abordar, em contexto escolar, oito áreas fundamentais do conhecimento sobre o oceano, transversais a várias matérias, como literatura, ecologia, direito, estratégia, geografia, economia, história, física e química, e responde a perguntas colocadas pelas crianças, como: «Porque é importante o oceano?», «Quem é o dono do oceano?» ou «Porque é especial o mar de Portugal?».

O programa foi desenhado para que os professores possam trabalhar os conteúdos de Português, Matemática e Estudo do Meio do 1.º ciclo do ensino básico, assim como as áreas de competências do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, através dos ensinamentos do mar. Os professores ficam habilitados, também, a explicar o oceano aos seus alunos, através de atividades práticas e lúdico-pedagógicas, incentivando a realização de trabalho de campo nas zonas costeiras de Portugal, através de experiências dentro e fora da sala de aula.

A Fundação Oceano Azul e o Oceanário de Lisboa consideram que os professores, enquanto parceiros fundamentais deste programa, são os principais agentes mobilizadores para a motivação e inspiração dos alunos para esta temática, podendo contribuir para que as próximas gerações de portugueses sejam os cidadãos europeus mais comprometidos com a conservação do oceano e, também, os mais preparados para viver no século XXI, marcado pela necessidade da sustentabilidade ambiental, da bioeconomia azul e da descarbonização.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar