Login  Recuperar
Password
  5 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Quais são os desejos para o concelho das Caldas da Rainha e para a região em 2020?

O início do novo ano é um momento importante para refletir sobre o que se deseja melhorar. É altura em que muitas pessoas fazem promessas e pedidos, aos quais não faltam os pensamentos positivos de um ano melhor e mais feliz. O JORNAL DAS CALDAS foi saber quais são os desejos e perspetivas de algumas pessoas para o concelho e para a região em 2020, para além dos próprios desejos pessoais.

15-01-2020 | Mariana Martinho / Marina Ferreira

Maria Clara Roque
[+] Fotos
Maria Clara Roque

Maria Clara Roque, Caldas da Rainha

“Desejo em primeiro lugar que todos os caldenses, onde quer se estejam, tenham muita saúde, paz e emprego. Em relação à região gostaria que acontecesse uma série de situações, no entanto, vou eleger uma, a eletrificação e duplicação da linha férrea do Oeste. Essa sim seria uma situação que deveria tornar-se realidade este ano. Sem falar que era um investimento muito importante, quer para as Caldas da Rainha, como para toda a região. Traria mais desenvolvimento, já não falando nas questões ambientais que tanto preocupa a sociedade”


Diogo Massena, Caldas da Rainha

“Ao nível da região, penso que devia de haver mais cuidado e uma maior sensibilização para a questão ambiental, quando se opta por realizar eventos. No que diz respeito à cidade, acho que devia-se apostar mais no empreendedorismo e apoiar o desenvolvimento de novos projetos. Também considero importante criar-se uma espécie de parque tecnológico nas Caldas da Rainha, pois essa é uma das carências que nós jovens empresários sentimos. Além disso faz com que muitos empresários optem por não investir na cidade” 


Maria Dulce Horta, Caldas da Rainha

“Numa época em que se formalizam violências e cada vez menos se valoriza o ser humano, matando e “esfolando” com a maior das facilidades, quero acreditar que este 2020 vai ser melhor. Para as Caldas da Rainha gostaria que ela fosse vista além-fronteiras como uma cidade das artes e da cultura e que a inclusão passasse a ser uma prioridade, envolvendo a comunidade local a interagir com algum do seu trabalho. Além disso considero que deveria haver mais incentivos para fixar os jovens na cidade, dando-lhes alternativas de emprego, assim como encontrar formas de colmatar o isolamento e a solidão da população sénior, dando oportunidades para poderem mostrar que ainda são uteis à sociedade. 

Sejamos mais audazes em atos e movimentos de cidadania, pois todos lucramos com isso. Penso que desta forma e se houver mais interajuda, as parcerias e o empreendedorismo irão acontecendo”


João Lavareda, Caldas da Rainha

“Este ano desejo que haja um maior apoio aos comerciantes, começando pela rápida finalização das obras nas ruas da cidade, passando também por uma maior dinamização das Caldas, por parte da autarquia e da ACCCRO- Associação Comercial Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, no que diz respeito ao horário após as 19h00 nos dias de semana e bem como nos fins-de-semana para combater a falta de movimento das ruas durante estes períodos. Igualmente a criação de novos projetos de atração de população para a cidade e se possível a criação de mais estacionamento no interior da mesma, em vez de reduzir o mesmo, como se está a verificar”


Sandra Martins, Caldas da Rainha

“Desejo em primeiro lugar a todos os caldenses um excelente ano, que 2020 traga mais amor, ajuda ao próximo, mais solidariedade e humildade. Acho que Caldas tem vindo a crescer cada vez mais, o que tem tornado difícil a procura por casas para alugar e diminuído o estacionamento dentro da cidade. Apesar de termos estacionamento grátis durante uma hora nos parques subterrâneos, isso não chega. Depois também não temos muita oferta, no que diz respeito à linha de transportes urbanos, o TOMA, bem como de horários, o que ajudaria evitar certas situações. Além disso fazem falta mais iniciativas que ajudem a promover o comércio local, durante todo o ano, e não só nas épocas festivas” 


Vasco Soares, Caldas da Rainha

“Desejo que a cidade neste ano de 2020 se torne mais dinâmica, com mais iniciativas e atividades, porque tudo isso iria fazer com que as pessoas saíssem à rua e convivessem mais. A cidade e o comércio precisam disso. Necessitamos de pontos atrativos, música e animação. A linha ferroviária do Oeste se funcionasse permitia atrair mais pessoas e consequentemente trazer mais dinâmica para a cidade, assim como permitir aos caldenses deslocarem-se com maior facilidade, para além disso, tornaria a cidade um ponto de paragem para quem segue viagem para Lisboa ou para o norte, por exemplo. Por fim espero que os caldenses se tornem mais amigos do ambiente, exijam mais do poder autárquico e da cidade. 

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar