Login  Recuperar
Password
  25 de Junho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Política
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

BE contesta projetos de exploração de bivalves

O Bloco de Esquerda de Caldas da Rainha e Óbidos contesta a atribuição do Título de Atividade Aquícola (TAA) numa zona do Arelho considerada mais favorável pela Comissão de Avaliação do Estudo de Impacto Ambiental das dragagens na Lagoa de Óbidos para a localização temporária de dragados, do ponto de vista da ecologia, da flora e da fauna.

16-04-2019 |

A Agência Portuguesa do Ambiente optou por outra alternativa “com o argumento de considerar ser uma condicionante o facto haver a pretensão por parte da Câmara Municipal de Óbidos para nesses terrenos implantar projetos ambientalmente sustentáveis, que na época eram do desconhecimento público”.
Os bloquistas sustentam que o que se prevê é “o uso privativo de recursos hídricos e do espaço marítimo nacional”, pelo que não concordam com a atribuição da TAA por “considerarmos que se sobrepõe à necessidade futura em reservar aquela área para o uso exclusivo de deposição temporária de dragados provenientes das previsiveis dragagens”.
Têm também reservas sobre um projeto para uma atividade económica similar no Nadadouro, também em domínio público e zona de reserva ecológica nacional.
“Este projeto a instalar teria sido uma oportunidade notável se a iniciativa proviesse da proatividade autárquica com medidas de integração e criação de postos de trabalho para os mariscadores e pescadores locais, ao invés do exclusivo lucro de uma influente sociedade limitada”, manifestam.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar