Login  Recuperar
Password
  20 de Outubro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Bombarral
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Escreveu 1º romance aos 93 anos

O bombarralense António Marques apresentou, aos 93 anos, o seu primeiro romance, intitulado “Triste Vida a de Moisés Jacinto”. Tem 562 páginas e a chancela da Chiado Editora, fazendo parte da coleção “Viagens na Ficção”.

17-05-2018 |

António Marques com o presidente da Câmara do Bombarral
António Marques com o presidente da Câmara do Bombarral
A apresentação teve lugar no passado dia 5, no Auditório Municipal do Bombarral, perante uma plateia composta por familiares e muitos amigos do autor, que não quiseram deixar de marcar presença neste momento tão especial.
Ao presidente da Câmara Municipal do Bombarral, Ricardo Fernandes, coube fazer a abertura da sessão, tendo afirmado ser uma “enorme honra e um prazer imenso”.
Para o autor, uma das maiores dificuldades foi mesmo usar o computador, ferramenta com a qual o António Marques não estava muito familiarizado, tendo o neto, Nuno, sido chamado diversas vezes para resolver “algumas desavenças” que o autor teve com o equipamento informático.
Embora seja uma história ficcionada, esta é baseada em várias situações verídicas, como frisou António Marques, que afirmou sentir-se mais confortável a escrever do que a falar.
A história leva-nos por diversos pontos de Portugal, “chamando à atenção para algumas aldeias pitorescas do nosso país”, assim como por outros pontos do globo, nomeadamente Espanha, Angola e Cabo Verde.
António Marques nasceu no Bombarral, a 29 de outubro de 1925, no seio de uma família dedicada à agricultura.
Aos onze anos, concluiu a 4ª classe, com distinção, tendo um ano mais tarde (idade autorizada), começado a trabalhar como aprendiz de serralheiro, profissão que exerceu e transmitiu a vários conterrâneos, até aos seus 75 anos.
Ao longo de muitos anos foi escrevendo, à mão, vários apontamentos que foram publicados no jornal da sua terra, “Notícias do Bombarral”, e foi aos 87 anos que se interrogou: “E se eu tentasse escrever um romance?”. Foi aos 93 que conseguiu concretizar o seu objetivo.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar