Login  Recuperar
Password
  19 de Setembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cadaval
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Representante do Cadaval eleita dama de honor no concurso Rainha das Vindimas

Peso da Régua foi palco da eleição, no passado dia 7, da Rainha das Vindimas de Portugal 2019, na qual participou a representante do município do Cadaval, Marina Ferreira, de 21 anos, que foi eleita segunda dama de honor.

11-09-2019 |

Marina Ferreira tem 21 anos e representou o Cadaval
[+] Fotos
Marina Ferreira tem 21 anos e representou o Cadaval
Cátia Mateus, representante do município de Azambuja, foi a vencedora. A distinção de primeira dama de honor foi atribuída a Maria Eduarda Silva, candidata de Barcelos. Patrícia Torres, representante de Arruda dos Vinhos, venceu o Prémio Simpatia, e Beatriz Castro, candidata de Lagoa, venceu o Prémio Fotogenia.
A eleição da Rainha das Vindimas de Portugal é uma iniciativa da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) que, na sua décima edição, criou uma parceria com Peso da Régua, Cidade do Vinho 2019. O objetivo do evento é a preservação e a promoção das tradições ligadas à terra, à paisagem e ao vinho.
As candidatas desfilaram em traje regional e em vestido de noite. Durante as passagens, foi apresentada cada candidata e o respetivo município. No final, as concorrentes tiveram de deixar, ao público, um convite "ecoturístico" para visita ao concelho que defendiam, uma vez que nem só de beleza e glamour vive este concurso, sendo que as candidatas eram avaliadas, também, quanto ao conhecimento demonstrado acerca do seu concelho, nos domínios do vinho, da vinha e do enoturismo.
O júri foi constituído por personalidades de diferentes áreas de interesse tais como moda, enoturismo, cultura, comunicação, entre outras.
Dezassete concelhos apresentaram-se a concurso, presenciado por centenas de pessoas. As candidatas haviam sido eleitas ou nomeadas pelos respetivos municípios.
Marina Ferreira (Miss Adiafas 2018, no âmbito da “Festa das Adiafas e Festival Nacional do Vinho Leve”) foi a jovem que representou o Cadaval.
Tem ligações familiares à localidade do Cercal, onde frequentou o ensino pré-escolar. Sempre manteve ligação ao concelho e às tradições vinícolas, pois o seu bisavô era produtor vinícola local. A primeira vez que pisou um palco foi em 2014, no concurso cadavalense (então chamado) “Rainha das Vindimas”.
Estudou Gestão de Turismo e trabalha na área da comunicação e marketing no JORNAL DAS CALDAS. Acredita que a preservação e a promoção das nossas tradições possam ser geradoras de riqueza e de uma melhor qualidade de vida de quem habita na sua região.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar