Login  Recuperar
Password
  11 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

“Sardinha by Bordallo” com 101 peças

A coleção de 2020 da “Sardinha by Bordallo” conta com 101 espécimes, anunciou o Grupo Visabeira sobre esta peça cerâmica decorativa que resulta da colaboração entre a Fábrica de Faianças Bordallo Pinheiro, nas Caldas da Rainha e a EGEAC/Câmara Municipal de Lisboa, que elevam desde 2003 a sardinha a ícone das Festas de Lisboa em época de Santos Populares.

01-08-2020 | Francisco Gomes

Sardinha “Primeiro dia do fim do confinamento”
Sardinha “Primeiro dia do fim do confinamento”
A sardinha original de Bordallo Pinheiro, pela sua natureza clássica e tridimensional, transformou-se no suporte ideal para receber o trabalho criativo que ilustra diversas personalidades que associam o seu nome à arte da cerâmica.
As artistas visuais Bela Silva e Ana Mesquita, os fadistas Camané, Mariza, Carminho, e Raquel Tavares, o jornalista Mário Augusto e os atores Manuela Moreira e César Mourão, são alguns dos nomes ligados à “faina” deste verão, que apresenta 26 novas sardinhas, nascidas em tempo de pandemia, na quarentena e no desconfinamento.
As novas sardinhas tributam o fado, o humor, o cinema e outras formas de arte, além de alguns ícones nacionais.
Uma das sardinhas da coleção de 2020 homenageia o Serviço Nacional de Saúde, revertendo a totalidade da sua venda para a compra de equipamentos hospitalares.
Nasceu de um passatempo da Bordallo Pinheiro em tempo de pandemia, que desafiou a criatividade das famílias portuguesas, confinadas, a ilustrarem uma sardinha. A sardinha “Primeiro dia do fim do confinamento” é da autoria de Andreia Baltazar, a vencedora da iniciativa, que recebeu dezenas de ilustrações a concurso.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar