Login  Recuperar
Password
  11 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Economia, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Mona Lisa, o novo restaurante nos Vidais

Abriu recentemente o restaurante Mona Lisa, no edifico onde antes funcionava a Casa do Lago, nos Vidais. O espaço, que tem 12 mil metros quadrados, pretende oferecer “o melhor da gastronomia portuguesa, francesa e italiana”.

27-07-2020 | Mariana Martinho

O novo restaurante situa-se no edifício onde antes funcionava a Casa do Lago
O novo restaurante situa-se no edifício onde antes funcionava a Casa do Lago
Localizado na rua 10 de Abril, nº8, nos Vidais, o Mona Lisa é uma aposta dos dois sócios, Amadeu Teixeira e Pierre Jules Acquaviva, que desde que regressaram a Portugal tinham o “sonho de abrir um restaurante”. Antes haviam estado 50 anos em França onde a área profissional nada tinha a ver com a restauração.
“Há cerca de um ano tive vontade de regressar a Portugal, e apostar num negócio por conta própria”, explicou Amadeu Teixeira, adiantando que a ideia de abrir um restaurante também se deveu ao facto de “percebermos que havia falta de espaços direcionados para os estrangeiros que moram na região”, o que os levou a apostar nos Vidais.
O espaço, que conta com uma sala de refeições e um espaço exterior amplo, foi todo remodelado e colocado ao “gosto” dos responsáveis. Contudo, “a vista fantástica será o nosso ponto forte, tal como o contacto com a natureza, a paz, tranquilidade e harmonia do espaço”, sublinhou Amadeu Teixeira, salientando também a “boa localização”, que irá permitir trabalhar com vários tipos de clientes.
Neste momento, o “Mona Lisa” trabalha essencialmente à base de pratos franceses, italianos e portugueses. "Ao nível do menu português vamos apostar numa caldeirada, ou numa carne de porco à alentejana. No que diz respeito à culinária francesa iremos ter o clássico da gastronomia, o ratatouille, e na italiana, um linguine com frutos de mar”, indicou.
À frente da cozinha estão três pessoas, incluindo Pierre Jules Acquaviva, que também foi o autor da decoração da sala e do espaço exterior. “A ideia era fazer um sítio elegante, sem ser pretensioso, onde se possa almoçar ou jantar num ambiente calmo e tranquilo”, explicou o sócio, adiantando que ambos os espaços têm capacidade para albergar cerca de 50 pessoas, com o devido distanciamento social exigido pela Direção Geral de Saúde.
Além de funcionar como restaurante, o Mona Lisa no futuro pretende ter fins-de-semana temáticos, com noites de música, provas de vinho, entre outros. “O sítio dá para apostar em eventos com temas específicos, coisas que faltam cá e aos franceses, que vivem cá não encontram esse tipo de atividade”, explicou o proprietário do espaço.
Pretende que a casa seja ainda “um sítio não só para comer, mas para estar, petiscar e beber qualquer coisa a seguir ao trabalho”.
O Mona Lisa está aberto de terça-feira a domingo entre as 12h e a meia-noite, encerrando portas para descanso semanal à segunda-feira.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar