Login  Recuperar
Password
  7 de Agosto de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Lotação nas praias alargada

Foz do Arelho passou a poder acolher mais 500 banhistas

A lotação das praias na região foi alargada, passando agora as 45 praias na região Oeste que tinham sido alvo de limitação de capacidade devido à pandemia de Covid-19 a terem potencial de ocupação em simultâneo de mais de 113 mil banhistas, considerando o período de variação da maré em que o areal não estará encurtado, um aumento de quatro mil pessoas ao que inicialmente estava previsto. A Foz do Arelho pode acolher mais veraneantes, mas na Nazaré, onde o presidente da Câmara local pretendia ter mais lotação, não houve alteração. Já em Óbidos, a pretensão da autarquia em reduzir a quantidade permitida de banhistas na praia do Bom Sucesso foi acolhida.

02-07-2020 | Francisco Gomes

Considerando a variação da maré, a praia da Lagoa, na Foz, pode ter mais 500 banhistas
[+] Fotos
Considerando a variação da maré, a praia da Lagoa, na Foz, pode ter mais 500 banhistas
Este verão a praia da Foz do Arelho poderá ter em permanência no areal até 11300 banhistas (inicialmente eram 10800), 7500 distribuídos pela zona da Lagoa, considerando a variação da maré em que o areal não estará encurtado (antes eram 7000), e 3800 na parte do mar, segundo a lotação fixada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), tendo em conta as regras de distanciamento social que é necessário manter devido à pandemia de Covid-19.
Depois da Nazaré (17100), a praia da Lagoa continua a ser a que poderá acolher mais gente na região Oeste.
Torres Vedras é o concelho com mais praias, mas é Peniche que apresenta mais lotação – 28200. A praia da Pedra do Ouro, em Alcobaça, já não é a que apresenta menor capacidade – eram permitidos 100 banhistas e agora são 400. A praia de Valmitão, na Lourinhã, passou a ser a que tem menos lotação - 130.
Há praias que não aparecem na listagem da APA, como é o caso da Praia do Norte (a praia das ondas grandes), na Nazaré, a Praia da Gralha, em Alcobaça, a praia de Salir do Porto, nas Caldas da Rainha, entre outras.
Por concelhos, a lotação é a seguinte: Peniche 28200 (anteriormente 27900), Torres Vedras 26250 (23250), Nazaré 20200, Alcobaça 13650 (13150), Caldas da Rainha 11300 (10800), Lourinhã 8430 (7330) e Óbidos 5100 (6400), totalizando 113130 (109030) banhistas na região Oeste.
Eis a lista de praias na região Oeste: Alcobaça: Água de Madeiros, 150 pessoas, Pedra do Ouro, 400 (100) pessoas, Polvoeira, 1500 pessoas, Paredes da Vitória, 3800 (2600) pessoas, Légua, 1300 pessoas, São Martinho do Porto – 6200, sendo 6500 considerando a variação da maré (Norte, 5200/6500 pessoas considerando a variação da maré, Sul, 1000 pessoas); Nazaré: Nazaré, 17100 pessoas, Salgado, 3100 pessoas; Caldas da Rainha: Foz do Arelho - Lagoa, 6000/7500 (6000/7000) pessoas, Foz do Arelho - Mar, 3800 pessoas; Óbidos: Cortiço, 400 (300) pessoas, Bom Sucesso, 3100 (4500 pessoas), Praia D'El Rei, 1600 pessoas; Peniche: Baleal Norte, 2800/3600 pessoas, Baleal Sul, 2200/2800, Baleal - Campismo, 2100/2600 pessoas, Cova da Alfarroba, 4000/5000, Peniche de Cima, 1700/2100, Gambôa, 700 pessoas, Porto da Areia Sul, 200 pessoas, Molhe Leste, 3800 pessoas, Medão - Supertubos, 2600 pessoas, Consolação Norte, 1500 pessoas, Consolação, 3000 (2700 pessoas), São Bernardino, 300 pessoas; Lourinhã: Areia Branca, 600/800 pessoas, Areia Branca (Foz), 2300 pessoas, Areal Sul, 3200 (3000) pessoas, Peralta, 1400 (500) pessoas, Porto Dinheiro, 600 pessoas, Valmitão, 130 pessoas; Torres Vedras: Porto Novo, 600 pessoas, Santa Rita Norte e Santa Rita Sul 5600/7000 (Santa Rita, 3000/3800 pessoas), Amanhã/Santa Cruz, 1100 pessoas, Navio, 1900 pessoas, Mirante-Santa Cruz, 2400 pessoas, Pisão-Santa Cruz, 800 pessoas, Física-Santa Cruz, 1200 pessoas, Centro-Santa Cruz, 2200 pessoas, Santa Helena, 400 (600) pessoas, Guincho-Santa Cruz, 700 pessoas, Formosa, 150 pessoas, Azul, 3400 pessoas, Foz do Sizandro, 4400 pessoas.
Antes de ir à praia, a APA recomenda verificar a afluência às praias próximas, consultando a app InfoPraia através de um telemóvel, preferindo as que estão com um nível de ocupação mais baixo, assinaladas a verde, bem como praias vigiadas e com controlo da qualidade.
Quando se verificar um nível elevado de ocupação não arriscar deslocação, pois pode ser difícil manter a distância de segurança.

Nazaré queria mais

A praia da Nazaré é a que pode ter mais banhistas ao mesmo tempo no areal – 17100 pessoas, mas o presidente da Câmara, Walter Chicharro, contesta este limite determinado pela APA, fazendo notar que aquela estância balnear “facilmente chega a ter cinco vezes ou mais este número de veraneantes”.
O autarca diz não compreender a fórmula para determinação desta limitação, apontando que o valor estimado causou “surpresa e estupefação”, defendendo que os 1600 metros de extensão por 150 metros de largura da praia facilitam o distanciamento exigido para evitar ajuntamentos.
O edil admite que se sente “preocupado” com a carga admitida e interroga: “Quando atingirmos o número máximo de pessoas, quem manda evacuar, se é que alguém o fará? A Câmara não tem autoridade para isso e eu não quero ter, pois não aceito que se limite a liberdade de circulação a que todos temos direito”.

Óbidos reduz lotação

A Câmara de Óbidos, que considerou excessivo o potencial de ocupação definido pela APA para a praia do Bom Sucesso, viu atendido o pedido para que o número de 4500 banhistas fosse reduzido.
A autarquia tinha sustentado que a aberta, canal que liga a Lagoa de Óbidos ao mar, se deslocou muito para sul, retirando profundidade ao areal, pelo que para manter as distâncias de segurança a ocupação terá de ser mais reduzida.
O número passou para 3100 banhistas.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar