Login  Recuperar
Password
  19 de Setembro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Bombarral
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Empresa com maus cheiros procura soluções

Uma situação que se arrasta há vários anos, na freguesia do Pó, decorrente de maus cheiros, juntou a Secretaria de Estado do Ambiente e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR LVT), em visita à empresa Pentacoelho.

07-02-2018 |

Esta visita decorreu depois de uma reunião na Secretaria de Estado do Ambiente, solicitada pelo Município do Bombarral, entre o secretário de Estado, Carlos Martins, o vice-Presidente da Câmara Municipal de Bombarral, Nuno Vicente, a Junta de Freguesia do Pó, representada pelo presidente Nuno Bernardino e José Francisco, e o representante dos moradores, Steve Pedro.
Demonstrando interesse em perceber no local quais os motivos das queixas apresentadas por alguns populares da localidade do Pó relativamente aos odores que supostamente são emitidos por esta unidade, o Gabinete do Secretário Estado do Ambiente promoveu esta visita à Pentacoelho.
Para averiguar a situação deslocaram-se ao local o adjunto do Secretário de Estado do Ambiente, Machado Dias, e o vice-presidente da CCDR LVT, Fernando Ferreira, acompanhados pelo vice-presidente da Câmara Municipal do Bombarral.
A comitiva teve assim oportunidade de verificar em que condições a unidade está a laborar, tendo João Poseiro, administrador da empresa, apresentado as várias etapas e espaços de produção.
Para além do respeito por todas as normas legais e da obtenção das diversas certificações necessárias para o seu bom funcionamento, a empresa, como frisou o administrador, obteve recentemente a certificação internacional “GMP + Feed”, que garante a segurança alimentar em todas as etapas da cadeia de produção.
Com esta visita, pretendeu-se igualmente sensibilizar a administração no sentido de se encontrar uma solução que possa minimizar esta situação, tendo as ideias transmitidas pelo adjunto do Secretário de Estado do Ambiente e pelo vice-presidente da CCDR LVT sido bem acolhidas pelo administrador da Pentacoelho.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar