Login  Recuperar
Password
  21 de Setembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas / Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Curso de Turismo de Saúde e Bem-Estar é nova aposta da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste

A primeira edição do Curso de Turismo de Saúde e Bem-Estar, a iniciar em novembro, é a novidade do ano letivo 2020/2021 na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), em Caldas da Rainha.

28-07-2020 | Francisco Gomes

Os participantes na apresentação visitaram as Termas
[+] Fotos
Os participantes na apresentação visitaram as Termas
O curso procura ser uma mais valia para a cidade no âmbito do programa de relançamento do termalismo, quando se perspetiva a curto/médio prazo a construção de um hotel de cinco estrelas do Grupo Visabeira nas Caldas da Rainha, pelo que o Turismo de Portugal resolveu conjugar esforços, juntando a experiência e o know-how de todas as entidades que possam alavancar e potenciar o desenvolvimento do cluster "Termalismo, Saúde e Bem-Estar" no concelho.
Pretende-se que o curso funcione como um estímulo e motivação para a dinamização de atividades e criação de produtos e serviços turísticos relacionados com esta área.
A sessão de apresentação decorreu no dia 28 de julho, no salão nobre do Hospital Termal de Caldas da Rainha, com a intervenção do vereador Hugo Oliveira, do secretário-geral da Associação Nacional das Termas de Portugal, João Barbosa, da diretora de formação do Turismo de Portugal, Ana Paula Pais, do diretor da EHTO, Daniel Pinto, e de Jorge Mangorrinha, como palestrante convidado.
Nesta sessão estiveram ainda presentes representantes das entidades envolvidas na conceção e estruturação do curso, evidenciando o valor da cooperação estabelecida no desenho de uma nova oferta formativa, considerada essencial para a qualificação dos profissionais deste setor, uma vez que se trata de uma primeira edição piloto a nível nacional e que representa também a primeira vez que o Turismo de Portugal realiza, de forma consistente, formação nesta área de saúde e bem-estar.
A iniciativa da criação do curso surge da conjugação de vários fatores impulsionadores da ideia de dinamização do turismo de saúde e bem-estar, a começar pela vontade do Turismo de Portugal em aprofundar e diversificar a oferta formativa no âmbito da rede de escolas de hotelaria e turismo, tendo sido criado um grupo de trabalho com diversas entidades públicas e privadas para a análise, discussão e construção do plano do novo curso.
Acresce a intenção da EHTO de prosseguir e desenvolver um projeto educativo inovador, criativo, diferenciador e que responda às exigências do mercado, o desejo e interesse de reforço da formação nesta área manifestado pelas entidades que integram o Grupo de Trabalho do Turismo Termal (Turismo de Portugal, Ordem dos Médicos, Associação Nacional de Municípios, Associação das Termas de Portugal e Direção Geral de Energia e Geologia), que afirmam claramente que a implementação de programas de combate à sazonalidade, através da dinamização de produtos turísticos específicos, nomeadamente o turismo de saúde, é uma prioridade para o turismo.
O alinhamento com a estratégia definida pela Câmara Municipal de Caldas da Rainha e a Comunidade Intermunicipal do Oeste de relançamento do termalismo, saúde e bem-estar no concelho e região Oeste, é outro dos argumentos.
Trata-se de um Curso de Especialização Técnica e terá como objetivo dotar profissionais com competências técnicas de gestão para o desempenho de funções em estabelecimentos termais, spas e outras unidades de saúde e bem-estar, estando organizado por um percurso de formação técnica constituído por doze módulos, com duração de aproximadamente seis meses, possibilidade de realização do projeto final de curso e visitas técnicas, no total de 350 horas. A frequência e conclusão do curso permite ainda a realização um estágio curricular.
No final deste percurso os formandos poderão complementar a sua formação com unidades técnicas opcionais práticas, de 25 horas cada, em técnicas terapêuticas do leste asiático, técnicas terapêuticas sensoriais e técnicas de hidrobalneoterapia.
Destina-se a profissionais de estabelecimentos termais e estabelecimentos de spas, massagistas, terapeutas, esteticistas, atendimento ao cliente, setor do alojamento e hotelaria, turismo rural, alojamento local e eventos, setor da animação turística, setor da saúde e terapias complementares, empreendedores, desempregados e jovens à procura do primeiro emprego.
A condição de acesso é a escolaridade mínima obrigatória. Inscrições e mais informações detalhadas podem ser obtidas no site www.escolas.turismodeportugal.pt e também na secretaria da EHTO.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar