Login  Recuperar
Password
  31 de Março de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Criada a Comissão Concelhia das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos

Pela primeira vez na vida política da concelhia do PS do Bombarral foi criada a Comissão Concelhia das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos.

19-02-2020 |

Elementos da comissão
Elementos da comissão

A tomada de posse deste órgão concelhio decorreu no passado dia 15, na sede do partido, e contou com a presença de Isabel Borges, presidente da Federação de Leiria das Mulheres Socialistas, e de Jorge Gabriel Martins, presidente da mesa da comissão política distrital, entre vários militantes e simpatizantes que apoiaram este movimento socialista.

No seu discurso de tomada de posse, a coordenadora concelhia eleita, Sónia Azevedo, referiu que não pretende uma “política de gabinete” e que este será “um movimento socialista ativo que sente, vive e debate os assuntos da sociedade bombarralense e procura contribuir com sugestões que conduzam à melhoria da condição de vida dos nossos munícipes”. 

O programa de ação será centrado nos debates, nas ações de esclarecimento, em reuniões com movimentos e associações locais e dinâmicas junto da sociedade civil que motivem a cidadania da população.

Igualmente a coordenadora concelhia enfatizou que “é ao Partido Socialista que se deve a aprovação da nova Lei da Paridade com o limite mínimo de 40% da paridade em listas candidatas a órgãos eletivos, sendo esta uma forma de incentivar a abertura dos partidos à participação feminina”. 

“Assim, a existência da estrutura concelhia das Mulheres Socialistas não deve ser vista como um movimento feminista de exclusividades, mas antes como um movimento político que defende a igualdade de direitos entre mulheres e homens e mostrar que o concelho do Bombarral será beneficiado com a maior participação de mulheres na vida política”, sublinhou.

Sob o lema de “Melhor futuro para o Bombarral”, Sónia Azevedo referiu que o próximo desafio eleitoral das autárquicas será para a concelhia das Mulheres Socialistas do Bombarral uma oportunidade para reforçar o papel das mulheres na vida interna do PS e na política ativa.  

Sónia Azevedo referiu que gostaria de ver o partido apresentar a escrutínio popular, nas próximas eleições, homens e mulheres em igualdade e aos diversos órgãos autárquicos. “Não como cumprimento de quotas, mas porque é esse o exemplo que devemos deixar às gerações futuras, o da igualdade de direito na participação da política ativa”, manifestou.

Da Comissão Política Concelhia das Mulheres Socialistas fazem parte Maria Graça Rua - mandatária da candidatura, Sónia Azevedo – presidente, Susana Manco, Jessica Acker, Ana Belizario, Alexandra Duarte, Maria Conceição Santo, Susana Hermano, Clara Espadinha, Natércia Belizario, Maria Lourdes Martinho e Maria Helena Santos.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar