Login  Recuperar
Password
  8 de Dezembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Cortejo de oferendas rendeu mais de 127 mil euros aos bombeiros

A população das Caldas da Rainha reuniu mais de 127 mil euros para dar aos bombeiros. Os valores angariados em cada freguesia foram inscritos em cheques gigantes entregues no cortejo de oferendas realizado no passado domingo.

27-11-2019 | Francisco Gomes

Corpo combatente e comando também contribuíram
[+] Fotos
Corpo combatente e comando também contribuíram

As doze juntas de freguesia das Caldas da Rainha elaboraram uma recolha de donativos. Autarcas, acompanhados por bombeiros, bateram porta a porta para reunir verbas para os soldados da paz. O dinheiro angariado foi 127.515,25 euros. Simbolicamente foram entregues cheques gigantes à corporação por cada presidente de junta.

A iniciativa é realizada anualmente e apesar de não ter sido batido o recorde de donativos (em 2017, ano de muito incêndios, foram angariados 133 mil euros) notou-se a preocupação em ajudar os bombeiros. Para a Câmara Municipal, o contributo da população é uma prova do reconhecimento do trabalho dos soldados da paz.

“Para o Município é fundamental a existência de um corpo de bombeiros forte e competente. Felizmente temos tido apoio da população para melhorar as suas condições. A associação humanitária tem também tido uma gestão equilibrada que permite aguentar o atraso da administração central no pagamento de serviços”, declarou Tinta Ferreira, presidente da Câmara das Caldas da Rainha.

Os próprios bombeiros também contribuíram com verbas para cortejo de oferendas. Um montante de 50 euros por cada bombeiro, que iriam receber do dispositivo de incêndios da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, e que é prescindido pelo comando e pelos bombeiros, para juntar ao cortejo e contribuir para a evolução da corporação.

Todo o dinheiro reunido vai ajudar os bombeiros com equipamentos e materiais. Parte da verba foi já aplicada na aquisição de um veículo de combate a incêndios florestais, que custou 75.428 euros, apoiado em 50% pela Câmara. 

“O novo veículo vai permitir uma capacidade de resposta mais eficaz. Tem muita potência e permite mais velocidade nas subidas. Pensamos chegar cinco minutos mais rápido e será o veículo de primeira intervenção. Tem também grande capacidade de água e permite sair rapidamente do local sem necessidade de esperar que deixe de deitar água”, disse Nelson Cruz, comandante da corporação das Caldas da Rainha, que confessou o seu “orgulho pelo reconhecimento da população aos bombeiros”. “É gratificante não só pela parte financeira”, adiantou.

Luís Botelho, presidente da associação humanitária dos bombeiros, agradeceu “o contributo dado pela população do concelho a pensar no bem-estar de todos nós”.

Rui Jacinto, presidente da junta de freguesia de Salir de Matos, em nome das autarquias, destacou que os bombeiros têm “um grande coração para ajudar” e homenageou o presidente da associação humanitária, Abílio Camacho, ausente da cerimónia por estar internado devido ao seu estado de saúde, tendo pedido para ele uma salva de palmas pelo “trabalho notável” nos bombeiros.

Alice Gesteiro, em representação da Assembleia Municipal, afirmou que o cortejo de oferendas “é uma forma de dizermos ‘obrigado’ aos bombeiros”.

A cantora Rebeca participou igualmente na ajuda aos bombeiros da sua terra-natal, ao fazer uma atuação com as suas bailarinas de forma graciosa para animar a festa, que culminou no quartel com um convívio entre a população e os bombeiros, que desta forma agradeceram à comunidade a ajuda para uma melhor prestação do socorro.


Valores angariados 


União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório: 24.885,24 euros; Câmara Municipal das Caldas da Rainha: 22.000 euros; União de Freguesias de Santo Onofre e Serra do Bouro: 14.000 euros; União de Freguesias de Tornada e Salir do Porto: 9.623,51 euros; Comando e corpo combatente: 8.850 euros; Salir de Matos: 7.900 euros; Santa Catarina: 6.829,04 euros; Alvorninha: 6.700 euros; Foz do Arelho: 6.240 euros; A-dos-Francos: 5.080 euros; Nadadouro: 4.645 euros; Vidais: 4.375,75 euros; Carvalhal Benfeito: 3.326,71 euros; Landal: 3.060 euros.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar