Login  Recuperar
Password
  22 de Abril de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas / Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Não precisa de medicação

Centenária festeja aniversário na Serra do Bouro

Comprimidos e outros remédios não precisa deles. Só quando era mais nova é que tomava quando era necessário. Agora que chegou aos 100 anos bem pode gabar-se de não ser medicada. Mariana Carvalho, natural de Portalegre, reside no lar Fonte Santa, na Serra do Bouro, nas Caldas da Rainha, onde festejou o centenário.

06-02-2019 | Francisco Gomes

Mariana Carvalho recebeu flores
[+] Fotos
Mariana Carvalho recebeu flores
Declama poemas, canta e tem uma boa memória da infância. Com cem anos, celebrados no dia 29 de janeiro, na Serra do Bouro, nas Caldas da Rainha, Mariana Carvalho dá graças por não precisar de medicamentos, algo que só quando era mais nova tomou com maior regularidade.
Boa disposição não faltou. “Eu não posso comer bolo por causa dos dentes. Nunca fui gulosa, mas sabia fazer bolos de toda a qualidade. As minhas mãos sabiam fazer tudo”, começou por dizer.
“Estou muito contente e muito grata, apesar dos desgostos do passado [morte do marido]. Passei por muitos precipícios e é preciso lutar para chegar até esta idade”, contou ao JORNAL DAS CALDAS no lar Fonte Santa, onde está alojada e festejou o aniversário com a família.
“A minha tia dizia que não ia atingir os cem anos, mas está cheia de força”, manifestou António José, um dos sobrinhos da centenária, que não tem filhos.
“Embora se queixe todos os dias da vida e costume dizer que esteve quase a morrer na noite passada, felizmente teve saúde suficiente e esperamos nós que tenha para viver mais alguns anos”, relatou o sobrinho.
“É curioso notar que a mãe dela também morreu quase aos cem anos, faltavam poucos meses. É quase de família esta longevidade”, apontou António Miguel, sobrinho da centenária.
Foi doméstica ao longo da vida, casou mas não teve filhos. Enviuvou e os sobrinhos são a família mais próxima.
E qual é o truque para chegar aos cem anos ainda mantendo-se ativa? “O segredo acaba por ser ter hábitos e rotinas muito próprias. Tem uma capacidade de memória fantástica, não é medicada e também não tem qualquer doença diagnosticada. Aparentemente é uma pessoa saudável”, referiu Nicola Lourenço, diretora do lar Fonte Santa.
A artista Mila Ferreira, que tem a mãe no mesmo lar, também participou na festa, cantando os parabéns. “É uma senhora muito simpática e prometi-lhe que vinha”, relatou, descrevendo que “foi com muito orgulho que me apercebi que ela tinha 99 anos e disse-lhe que quando fizesse cem anos eu estaria aqui. Mesmo que ela dissesse que não chegava aos cem, aqui está ela, com muita alegria e a ser um grande exemplo para todos nós”.
Mariana Carvalho não deixou de partilhar com quem a rodeava os seus dotes de declamadora de poemas e cantora. Na festa foi também projetada uma série de fotografias que resumiram os seus cem anos de vida.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar