Login  Recuperar
Password
  17 de Janeiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Óbidos
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Carlos Pinto Machado recandidata-se à Câmara de Óbidos

A Comissão Política Concelhia do CDS-PP em Óbidos escolheu Carlos Pinto Machado como candidato à câmara municipal de Óbidos nas eleições autárquicas de 2017.

01-02-2017 | Francisco Gomes

Pinto Machado volta a ser o candidato do CDS-PP
Pinto Machado volta a ser o candidato do CDS-PP
Fundador e atual presidente da concelhia do CDS-PP em Óbidos, foi candidato em 2013, duplicando a votação obtida em 2009 pelo seu antecessor, Francisco Braz Teixeira.
Pinto Machado reside no Olho Marinho, em Óbidos. É casado com uma economista e pai de dois filhos (de 17 e 22 anos). Estudou gestão de empresas, é empresário (imobiliário e turismo) e administrador da marca “Canivari´s Portugal” (Consultoria Imobiliária e Financeira). Ex-quadro técnico de um banco inglês que operou em Portugal até 2015, detém uma experiencia de mais de vinte anos em funções de gestão, análise de risco e controlo em instituições financeiras.
Com 51 anos, é natural de Lisboa. Da parte paterna descende de famílias do Norte e do lado materno de famílias indianas (é parente do atual primeiro ministro António Costa).
Assume-se como democrata cristão e defende o “humanismo personalista”. Gostaria também de ver instaurada em Portugal uma monarquia constitucional, com um rei e não um candidato presidencial que vem da esfera partidária.
Quanto ao concelho de Óbidos tem sido um acérrimo critico à gestão financeira do executivo municipal do PSD, que na sua opinião “tem condicionado o desenvolvimento do concelho e prejudicado os munícipes, principalmente os mais desfavorecidos”. “O atual presidente Humberto Marques é o principal responsável pela situação financeira do município”, manifesta, acusando-o também de “não saber gerir as prioridades para o concelho”.
Pretende apresentar ao eleitorado “uma equipa multidisciplinar capaz de assumir com competência a gestão do município de Óbidos, bem como capaz de poder criar e implementar soluções viáveis que conduzam ao desenvolvimento sustentado do concelho, potenciando melhores condições de vida para os seus moradores”.
Propõe uma candidatura autárquica a todos os órgãos do concelho e diz contar com apoio de independentes.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar