Login  Recuperar
Password
  17 de Outubro de 2017
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Campeonato Mundial de Artes Marciais nas Caldas

De 7 a 9 de abril a “Wac World All Styles Championships 2017 & Feira Internacional de Cultura e Desporto” - (Campeonato Mundial de Artes Marciais) vai trazer às Caldas da Rainha cerca de seis mil atletas.

04-04-2017 | Marlene Sousa

 Apresentação da iniciativa, que decorrerá na Expoeste
[+] Fotos
Apresentação da iniciativa, que decorrerá na Expoeste
Desde a passada quarta-feira a Federação Nacional, assim como a estrutura internacional – UWSKF (United World Sport Kempo Federation) passaram a ter a sua sede nas Caldas da Rainha.

Caldas da Rainha vai receber a 7ª edição da “Wac World All Styles Championships 2017 & Feira Internacional de Cultura e Desporto”, o maior evento de artes marciais e de desportos de combate, que reúne atletas de todo o mundo e dos mais variados estilos.
Depois do sucesso que foi no ano passado, a Câmara voltou a apoiar a Federação Portuguesa de Lohan Tao sob a égide da WACF, ICKKF e IKF, que escolheu novamente esta cidade para a realização do evento, que vai ter lugar nos dias 7, 8 e 9, na Expoeste.
Este grande evento desportivo de artes marciais e desportos de combate vai trazer às Caldas da Rainha cerca de seis mil atletas oriundos de 54 países, tendo sido apresentado no passado dia 29 na Expoeste.
Segundo a organização, terá um impacto económico de cerca de 500 mil euros no concelho. Por exemplo, o impacto para a hotelaria “não poderá ser melhor porque todos os hotéis das Caldas estão todos cheios, não temos alojamento para mais pessoas que estão a reservar quartos no Bombarral, Peniche, Alfeizerão, São Martinho e Nazaré”, explicou o organizador, o caldense Bruno Rebelo, presidente da WAC, WAC PRO, WAC Federation, diretor ICKKF e presidente da Federação Portuguesa de Lohan Tao. 
Bruno Rebelo revelou que a Federação nacional, assim como a estrutura internacional passaram a ter a sua sede nas Caldas da Rainha, no espaço da Expoeste.
Esta é a terceira federação nacional sedeada nas Caldas, depois das do Badminton e Pentatlo, e a primeira mundial. O objetivo imediato da UWSKF será a preparação do chamado projeto olímpico, isto é, de tudo o que implica a preparação e participação dos atletas da modalidade nos Jogos Olímpicos.
O responsável sublinhou que “haverá quase todas as semanas eventos desportivos na cidade que terão lugar nos pavilhões municipais e que trarão muitas pessoas à cidade, esgotando os hotéis e restaurantes”.

A importância do turismo desportivo para o desenvolvimento do concelho

Esta 7ª edição da WAC contará também com a realização da Feira Internacional de Cultura e Desporto. “Promover a região e o país nos seus variados setores é um dos principais objetivos deste certame, que contará com stands de produtores, produtos e empresas, diversas apresentações e ainda a realização de competições e atividades lúdicas”, explicou o presidente da WAC Association. Gastronomia, folclore, artesanato, lojas de desporto e de alimentos naturais são algumas das vertentes que estarão presentes no certame.
Bruno Rebelo, atleta detentor de dezenas de títulos mundiais, fez questão de destacar que este evento só é possível de realizar nas Caldas devido ao “apoio incondicional da autarquia, o que não é fácil de encontrar em país nenhum do mundo”.
Para o responsável pelo pelouro do Desporto, Alberto Pereira, o facto de o Município ser palco de eventos desportivos internacionais em várias modalidades “traz mais-valias” para o desporto, mas também para a economia e turismo. “É um tipo de turismo que é interessante para a cidade porque, além do próprio, o participante vem com acompanhantes”, disse Alberto Pereira. “O turismo desportivo é uma componente muito importante para o desenvolvimento do concelho e a Câmara das Caldas reconhece isso”, afirmou.
Neste caso, trata-se de um evento que coloca a cidade no mapa ao nível da participação de pessoas e espetacularidade da modalidade” continua a explicar Alberto Pereira, “e isso é bom para todo o território, beneficiando setores como a hotelaria, a restauração e o comércio”.
A Câmara vai apoiar o evento com 30 mil euros mais toda a ajuda logística.
Os caldenses terão desconto de 50% nos bilhetes e todos os estudantes do concelho têm entrada gratuita mediante a apresentação do cartão de estudante.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar