Login  Recuperar
Password
  24 de Março de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Campeonato Nacional de Juniores – C (Iniciados)

Caldas 1 - Tondela 2

Foi cumprida a velha regra do jogo: aproveitar o erro alheio. Os forasteiros souberam tirar partido das falhas do adversário.

09-01-2019 | Arlindo Ferreira

As equipas antes do início da partida
As equipas antes do início da partida
O jogo ficou decidido num erro de marcação de David Gonçalves ao permitir que o adversário se virasse e executasse o centro para a cabeça de Afonso Correia, com este a não perdoar e a concluir com êxito. E, diante de uma equipa em situação de vantagem e tranquila na tabela geral, os locais foram depois repetindo movimentos de ataque como estivessem a bater com a cabeça num muro de pedra.
A derrota foi castigo demasiado pesado para os pelicanos. Num jogo importante, tendo em conta que era uma oportunidade para a equipa caldense quebrar uma longa série de cinco jogos consecutivos sem vencer. Mas na realidade a equipa não conseguiu os seus intentos. Embora tenha merecido outro resultado, pelo que produziu ao longo da partida e em especial na segunda parte, o certo é que o conjunto caldense continua na sua longa e penosa travessia do deserto.
O Tondela manteve o segundo lugar da segunda fase de apuramento de campeão, mas o triunfo não traduz aquilo que se passou em campo.
A equipa caldense assumiu o controlo a partir dos dez minutos iniciais e construiu ocasiões suficientes para não sair derrotada. O Tondela, longe do fulgor de outros jogos, sentiu tremendas dificuldades no setor recuado, mas revelou eficácia letal, colocando-se em vantagem ao minuto 55 na conversão de uma grande penalidade, num crasso erro de David Gonçalves ao deixar-se desarmar por um adversário que ficou na cara do golo, não deixando alternativa ao guarda-redes Castanheira que não fosse cometer a penalidade.
Era o primeiro da série de erros que custariam a derrota aos locais, tendo-se seguido mais um aos 61', que deu a vitória aos forasteiros.

Campo Municipal Quinta da Boneca
Árbitro: Diogo Martinho
Assistentes: João Faria e Tiago Martinho
Caldas S. C.: Diogo Castanheira; Francisco Ferreira; David Gonçalves; Rodrigo Pereira; Guilherme Santos; Yann Cherel; João Batista; Afonso Pinto (Etiénne Vieira 35'); David Gesteiro; Daniel Fernandes; António Teotónio (Gonçalo Duarte 35');
Suplentes não Utilizados: Martim Cruz; Bernardo Barros; Tiago Guimarães; Lourenço Alexandre.
Treinador: Luís Lopes
C. D. Tondela: Henrique Silva; Carlos Ferreira; Mateus Esteves; Miguel Pereira; Ricardo Fonseca (Telmo Santos 35'); Guilherme Santos (Afonso Correia 35'); Guilherme Pinto (Bruno Almeida 62'); Diogo Pires; João Morais; Ricardo Pereira (Henrique Chaves 35'); Tiago Carvalho (Bernardo Ferreira 67').
Suplentes não Utilizados: Miguel Santos; Hugo Seromenho
Treinador: Eduardo Neves
Golos: 55' João Morais (P); 59' Gonçalo Duarte; 61' Afonso Correia
Disciplina: Amarelos: 45' Guilherme Santos; 55' Diogo Castanheira; 70' Telmo Santos; 70' Henrique Silva.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar