Login  Recuperar
Password
  22 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Autocarro capota em Vila Nova

Um autocarro da Rodoviária do Oeste que prestava um serviço escolar despistou-se e capotou, na passada quarta-feiran nas Caldas da Rainha. Dois rapazes foram transportados ao hospital.

07-06-2018 | Francisco Gomes

Apesar do aparato, nem o motorista nem os dois únicos passageiros sofreram ferimentos no corpo
Apesar do aparato, nem o motorista nem os dois únicos passageiros sofreram ferimentos no corpo
O alerta foi dado pelas 8h43 da manhã. O autocarro vinha a descer uma estrada municipal entre Casais da Achada e Vila Nova, Alvorninha, quando, por razões que estão a ser investigadas, saiu fora da via e tombou para um campo agrícola.
O capotamento provocou um grande susto nos dois únicos passageiros, dois rapazes de 12 e 13 anos, que apesar do aparato não sofreram ferimentos no corpo. Ainda assim, porque se encontravam num estado de ansiedade, e também pela idade e por precaução, depois de avaliados e assistidos no local pelos bombeiros das Caldas da Rainha, foram transportados para o hospital.
O motorista, de 47 anos, de igual modo não ficou ferido e depois de observado recusou a ida ao hospital, ficando a ajudar nas operações de remoção do pesado de passageiros.
As manobras não foram fáceis, uma vez que o autocarro da Rodoviária do Oeste ficou numa posição complicada fora de estrada, numa curva com descida inclinada. A via estreita também dificultou a tarefa do reboque, que após duas horas concluiu a operação com a ajuda de outro reboque.
No local estiveram onze elementos dos bombeiros e GNR. A via esteve cortada para a retirada do autocarro, que ficou bastante danificado.
A GNR e a Rodoviária vão investigar as causas do acidente.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar