Login  Recuperar
Password
  30 de Outubro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas da Rainha, Educação
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Agrupamento D. João II prepara início do ano letivo com três cenários possíveis

Faltam cerca de duas semanas para o início do ano letivo 2020-2021 no Agrupamento de Escolas Dom João II. As aulas nos 15 estabelecimentos de ensino do agrupamento iniciam a 17 de setembro e a prioridade são as aulas cem por cento presenciais

01-09-2020 | Marlene Sousa

Início das aulas na EB da Encosta do Sol das 4 turmas do 1.º Ciclo (97 alunos) e um grupo da Educação Pré-escolar (25 crianças)
[+] Fotos
Início das aulas na EB da Encosta do Sol das 4 turmas do 1.º Ciclo (97 alunos) e um grupo da Educação Pré-escolar (25 crianças)
No entanto, face à atual situação da pandemia, tem preparado o próximo ano letivo tendo previsto os cenários possíveis (ensino presencial, misto e ensino à distância), “tendo sempre em conta a segurança dos seus alunos, pessoal docente e não docente, as normas do Ministério da Educação e da DGS (Direção Geral de Saúde), disse ao JORNAL DAS CALDAS, o diretor do Agrupamento D. João II, Jorge Graça.
O total de alunos do agrupamento, é de 1956 alunos (Ed. Pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º CEB), sendo que, 924 (2.º e 3.º CEB), estão na escola sede.
“Conforme diretrizes superiores, temos tudo preparado para iniciarmos com aulas presenciais, assim como ensino misto e/ou à distância. Quando a situação o exigir, mudaremos de modelo de ensino”, manifestou.
Jorge Graça, informou que, não vai haver nestas escolas organização por turnos. “A maioria dos horários serão idênticos aos habituais deste agrupamento, com as restrições necessárias”, apontou.
As aulas do 1.º ciclo (1.º ao 4.º ano de escolaridade), mantêm horário habitual das 9h00 às 16h00. Até às 17h30 haverá atividades de enriquecimento curricular, cuja frequência é facultativa.
Na (2.º e 3.º) escola sede, vão intercalar as aulas para tentar não concentrar os alunos. Não haverá alargamento do horário de funcionamento, com as aulas a começar mais cedo e terminar mais tarde: Começam como é habitual às 8h20 e terminam às 16h50 e excecionalmente às 18h35.
O diretor contou que, “vão ter intervalos de 15 minutos entre blocos de 90 minutos e, no 1.º Ciclo, intervalos de 30 minutos, conforme prescrito”. Ainda estão a estudar a melhor forma de organizar o serviço de refeitório que poderá funcionar pelo regime de takeaway.
De acordo com as orientações até agora recebidas, o responsável referiu que os alunos, “a partir do 2.º ciclo, terão de usar máscara”. Já foram informados da verba disponível para a aquisição de material de proteção individual e de desinfeção e limpeza dos espaços. A sua aquisição está a ser realizada por concurso. Como nos outros agrupamentos, será disponibilizado gratuitamente pelos alunos e funcionários um “kit” com três máscaras laváveis que servirão para o primeiro período de aulas, uma vez que “cada máscara pode ser lavada 25 vezes.
As crianças que estudavam na EB da Encosta do Sol que no passado ano letivo, foram provisoriamente transferidas para Salir de Matos, enquanto duraram as obras de requalificação do seu estabelecimento escolar, vão voltar à sua escola. Segundo Jorge Graça, “está previsto o início das aulas na EB da Encosta do Sol das 4 turmas do 1.º Ciclo (97 alunos) e um grupo da Educação Pré-escolar (25 crianças)”.
Já a EB do Avenal, vai entrar em obras de requalificação durante o 1.º período. Os 185 alunos serão distribuídos pela EB da Encosta do Sol (duas turmas do 1.º ano de escolaridade) e pela EB de Salir de Matos (duas turmas do 2.º ano de escolaridade, duas turmas do 3.º ano de escolaridade e duas turmas do 4.º ano de escolaridade), de acordo com as reuniões realizadas pela Direção do agrupamento e a Sra. Vereadora da Educação com os Pais e/ou Encarregados de Educação.
Quanto à transferência de competências da educação para a autarquia, o diretor referiu que estão “a realizar reuniões preparatórias para o processo”. Como até agora, tem existido sempre uma grande colaboração entre o Agrupamento e a Câmara Municipal das Caldas, Jorge Graça está tranquilo.
Dado ao contexto atual da pandemia, Jorge Graça diz que neste momento ainda “é prematuro saber número de assistentes operacionais necessários”, adiantando que “os transferidos para a autarquia são os existentes à presente data”.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar