Login  Recuperar
Password
  20 de Outubro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

35 mil doses de cannabis apreendidas por patrulha que prevenia incêndios

Uma patrulha da GNR que no passado dia 11 andava numa ação de prevenção de fogos florestais junto de populações em zonas isoladas foi surpreendida com o achado que fez numa casa em Alvorninha, nas Caldas da Rainha, ao ser confrontada com um forte odor a produto estupefaciente. No interior confirmaram-se as suspeitas: mais de 35 mil doses individuais de cannabis.

18-09-2019 | Francisco Gomes

Grande quantidade de droga apreendida pela GNR
[+] Fotos
Grande quantidade de droga apreendida pela GNR
Mas ainda no exterior, no parapeito da janela, em oito pequenos vasos, os militares tinham visto plantas de cannabis em fase de crescimento, o que os levou a baterem à porta. O proprietário, que se encontrava na moradia, situada num caminho de terra batida, confessou a existência da plantação no interior, no logradouro e em anexos.
Para além de 35 320 doses de cannabis, a GNR, com a colaboração do Núcleo de Investigação Criminal, apreendeu 81 plantas de cannabis, material de empacotamento e recipientes, uma caçadeira, quatro munições e 352 euros.
O suspeito, de 53 anos, foi detido por tráfico de estupefacientes, e ficou sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, após ter sido presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Caldas da Rainha.
O comandante do Destacamento Territorial das Caldas da Rainha, alferes Ricardo Rocha, destaca que apesar de ter sido “uma surpresa”, os militares nas ações de sensibilização sobre os incêndios acabam por “andarem atentos a situações anómalas que possam encontrar, seja violência doméstica, burlas ou outras”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar