Caldas / Sociedade

2ª Mostra Gastronómica da Tronchuda em 33 restaurantes

Tronchuda em entrada ou sobremesa, doce ou salgada, de peixe ou carne de carne pode ser degustada nos 33 restaurantes caldenses aderentes à 2ª Mostra Gastronómica da Tronchuda, que decorre durante todo o mês de maio. Este projeto, promovido pela Associação Empresarial do Concelho das Caldas da Rainha e Oeste (ACCCRO) e desenvolvido pela restauração das Caldas da Rainha, foi apresentado na passada sexta-feira, no Centro de Formação Profissional do Coto, onde as “tronchudas” foram preparadas pelos formandos do curso Técnico de Cozinha e Pastelaria, no âmbito de uma parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional de Santarém.


Esta segunda edição, que cresce de quinze dias para um mês, tem como objetivo promover a cidade e a marca Caldas através da gastronomia, apostando assim num produto gastronómico que passará a ser identificado como um “prato das Caldas”. Nesse sentido, nasceu a “tronchuda” em 2018, em que “a couve é o ingrediente obrigatório”.
A “tronchuda”, segundo o presidente da ACCCRO, Paulo Agostinho, pretende ser “um prato identitário do concelho, visto que não tinha nenhum prato típico”, e ainda valorizar um dos ex-libris turísticos da cidade, a Praça da Fruta. Neste projeto, que conta com “33 equipas de chefs”, cada um vai converter a “tronchuda”, que é uma couve fechada, e o seu nome reporta também para uma trouxa, em entrada ou sobremesa, doce ou salgado, peixe ou carne e vegetariano, consoante a sua criatividade.
“Apesar de ter apenas um ano e de ser tão jovem, a “Tronchuda já é um projeto com futuro”, referiu.
No almoço de apresentação da mostra gastronómica, em estiveram presentes algumas entidades, os alunos do curso Técnico de Cozinha e Pastelaria prepararam três sugestões de tronchudas. Para entrada foi servido uma “tronchuda” de cogumelos, ovo merengado e apontamentos de beterraba vermelha, seguida de uma “tronchuda” de polenta, com filet de vitela e aromas de terra verde, como prato principal. Para sobremesa, os alunos optaram por servir uma “tronchuda” roxa de lemoncurd com panacotta e texturas do bosque.

Author: Jornal

Ver mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Close