Login  Recuperar
Password
  27 de Setembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Óbidos
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

18 anos de Mercado Medieval celebrados com várias iniciativas

Os 18 anos do Mercado Medieval têm sido festejados desde o dia 16 de julho, com alguns apontamentos pela vila de Óbidos e nas redes sociais que assinalam a ausência de realização do evento este ano, devido à pandemia.

28-07-2020 |

Apesar de não haver Mercado Medieval, o castelo tem motivos de visita
Apesar de não haver Mercado Medieval, o castelo tem motivos de visita
Para além do Roteiro Medieval, composto por doze locais, devidamente decorados à época medieval - que foram já visitados por milhares de pessoas - têm sido realizadas evocações para relembrar que o Mercado Medieval estará novamente em força em Óbidos no próximo ano.
Destaca-se a presença de grupos de música medieval como os Goliardos e o Gaiteiro d’Óbidos, a promoção de um vídeo de homenagem a todos os que ao longo destes 18 anos colaboraram no evento, a realização de um webinar sobre a “Peste Negra em Portugal”, transmitido para todo o mundo, e a deambulação do Saltimbanco da Chanerca pelas ruas de Óbidos com uma rábula de alerta para as medidas a tomar nesta altura de pandemia.
Estes são alguns dos episódios que têm levado alguma emoção a Óbidos, sendo que está ainda patente também uma exposição militar e de ofícios civis, onde se pode encontrar armamento militar e armaduras desde o séc. XII ao séc. XV e uma Praça de Armas no Terreiro de Santiago, onde se pode treinar a perícia e mostrar a sua destreza e mestria no manejo do arco e da besta, da responsabilidade da Associação Armis Nostrum - Academia de Armas Históricas Europeias, que se dedica ao estudo, prática e divulgação da esgrima e arco histórico.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar