Login  Recuperar
Password
  16 de Julho de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas da Rainha, Caldas / Política
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

150 mil euros no Orçamento Participativo nas Caldas para 2014

No passado dia 12 decorreu na Câmara Municipal de Caldas da Rainha uma conferência de imprensa com o fim de divulgar o orçamento participativo para 2014. Hugo Oliveira, vereador da câmara Municipal, iniciou o encontro dizendo que 2013 foi um ano de experimentação relativamente à iniciativa do orçamento participativo e que contou com doze propostas, das quais foram aprovadas seis (Hortas urbanas - Comunitárias / Sociais / Pedagógicas; Oficinas sociais - Espaço para trabalhos com formação); Fixação de capital intelectual criativo – Silos; Marca Praça da Fruta - Criação / Promoção; Ações de sensibilização ambiental e rodoviária; Projeto cidadania e responsabilidade) e duas estão contratualizadas.

17-12-2013 | Rita Correia

Sessão de apresentação do Orçamento Participativo
Sessão de apresentação do Orçamento Participativo
Sem notas prévias sobre 2014 devido aos atrasos das propostas deste ano e também por este ter sido um ano eleitoral, o orçamento do ano que se aproxima acabou por sofrer alguma demora, mas Hugo Oliveira assegurou que o orçamento de 2015 irá ser planeado devidamente.
A câmara lançou uma plataforma 'online' (http://www.cm-caldas-rainha.pt/portal/page/portal/OP), na qual os habitantes do concelho podem apresentar ou votar projetos a concretizar no âmbito do orçamento participativo.
O autarca afirmou que a verba se mantém no valor dos 150 mil euros e sublinhou que o orçamento tem como fim a aplicação em investimento e podem participar associações ou cidadãos recenseados a título individual, sendo que o voto é um ato singular e cada pessoa tem direito a três votos.
Quanto à calendarização, Hugo Oliveira aponta que o lançamento do site aconteceu no dia 12 de dezembro, o que significa que já está disponível a linha online para apresentação de propostas e ficará aberta até dia 17 de janeiro. No dia 22 de janeiro irá realizar-se uma assembleia participativa onde também será possível a apresentação de propostas, sendo que quem votar no site não o poderá fazer na assembleia. De 23 de janeiro a 28 de fevereiro será a análise técnica das propostas e o resultado será apresentado a 3 de março, seguindo-se da votação online que decorrerá entre 4 de março e 4 de abril e posteriormente uma segunda assembleia participativa a 8 de abril. Posto isto, pretende-se que em maio já se conheçam as propostas definitivas.
O vereador considerou que o orçamento participação é uma medida que permite “dar voz e participação aos nossos cidadãos” e adiantou que “com a noção de que estamos a melhorar, é uma nova realidade no município das Caldas, e temos andado a beber aquilo que é experiência nos outros concelhos, percebendo aquilo que melhor se faz no orçamento participativo em Portugal e fora do país”.
Hugo Oliveira fez um apelo à participação de todos os munícipes, invocando que “a verdadeira cidadania exerce-se quando somos chamados a participar em espaços como este”.

Rita Correia
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar