Login  Recuperar
Password
  Terça, 21 de Outubro de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Foz do Arelho vive encenação da Via Sacra ao vivo

04-04-2012 |

Foz do Arelho vive encenação da Via Sacra ao vivo
Foz do Arelho vive encenação da Via Sacra ao vivo
A comunidade da Foz do Arelho da paróquia de Serra do Bouro em Caldas da Rainha recriou a Via Sacra ao vivo pelas ruas da vila, representando as catorze estações da caminhada de Jesus desde do pretório de Pilatos até ao Calvário, na noite de 31 de março. Crianças, jovens e adultos de diversos movimentos e grupos da paróquia, figuraram as personagens da Via Sacra, conseguindo recriar de forma quase real a Paixão de Cristo ao longo do percurso. O JORNAL das CALDAS falou com o pároco Rui Gregório, o qual salientou o verdadeiro significado do evento religioso, “rezar a Via Sacra é meditar, de modo especial, os últimos momentos da vida de Jesus marcados pelo amor e pela fidelidade diante da rejeição, da violência, da ingratidão, da injustiça e da morte; Jesus assumiu assim as consequências de estar neste mundo que é nosso”. A encenação da Via Sacra consiste numa tradição antiga importada pelos peregrinos que iam à Terra Santa e que ganha um especial sentido neste tempo da Quaresma em ordem à preparação da Páscoa, celebrando a Paixão (sofrimento), Morte e Ressurreição de Jesus. Assim, os cristãos são convidados a fazer a relação entre estes momentos, “a nossa vida e a deste mundo”, reforçou o sacerdote alertando que “não é para ficar preso no sofrimento e na morte, mas sim reconhecer também aí o amor e a presença de Deus”, tal como na hora do óbito injusto de Jesus. O responsável da comunidade da Foz do Arelho manifestou a beleza da Via Sacra encenada, proporcionando aos fiéis um ambiente acolhedor que convidou à oração, “uma ajuda preciosa para a vivência desta Semana Santa em que os cristãos celebram o centro e a festa mais importante da sua fé, a Páscoa”, garantiu o padre Rui Gregório agradecendo o contributo e a participação da população local e das dezenas de pessoas vindas dos diversos pontos do concelho das Caldas, que acompanharam esta peregrinação cristã. ?João Polónia        
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar