Login  Recuperar
Password
  Quarta, 26 de Novembro de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas da Rainha, Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Operação policial em bairros e bares da cidade

12-03-2009 |

Operação policial em bairros e bares da cidade
Operação policial em bairros e bares da cidade
Numa operação conjunta entre a PSP das Caldas e o SEF de Santarém foram identificados 49 estrangeiros e 39 portugueses. Três indivíduos ficaram detidos, foram apanhadas 138 doses de haxixe e foram levantados quatro autos a bares fiscalizados. Esta acção de fiscalização, que colocou em polvorosa a cidade na noite de sábado, resultou na identificação de 15 brasileiros por permanência ilegal, dos quais três ficaram detidos, nove foram notificados para abandono voluntário do país e três ficaram notificados a comparecer no serviço de estrangeiros e fronteiras para regularizarem a sua situação. O comandante da Divisão da PSP das Caldas da Rainha, que acompanhou no terreno esta operação, declarou que "os resultados foram bastante positivos", uma vez que o objectivo era o combate à imigração ilegal. Jorge Martins considera que este tipo de operações pode ser capaz de causar algum incómodo ao cidadão comum, mas "pedimos compreensão porque esta acção é direccionada para a sua protecção". O comandante da Divisão das Caldas sustentou que "a cidade tem de fazer uma selecção, porque devemos acolher bem as pessoas que vêm para aqui tentar melhorar a sua vida". Dos três brasileiros detidos, um deles com 27 anos passou o seu dia de aniversário nas celas da PSP das Caldas. Os outros dois, de 33 e 30 anos, foram igualmente presentes ao Tribunal de Caldas, mas até à hora de fecho da edição desconhece-se a medida aplicada. Estes brasileiros foram apanhados em seis bares situados em três bairros da cidade das Caldas da Rainha por serem "locais frequentados por pessoas suspeitas de permanência ilegal no território nacional". Um dos portugueses, com 36 anos, foi encaminhado para a comissão de dissuasão da toxicodependência enquanto, que o outro, com 35 anos, prestou a Termo de Identidade e Residência. Aos proprietários dos bares, foi levantado um auto por o estabelecimento se encontrar a funcionar para além da hora permitida. Já o SEF levantou três autos de contra ordenação por os proprietários dos bares terem como funcionários cidadão brasileiros que se encontram ilegalmente no território nacional. Para Jorge Martins, este tipo de operações "era necessária" porque apesar de haver, com maior frequência, acções de fiscalização rodoviária, "entendemos que era oportuno fazer-se uma operação desta natureza com a fiscalização de pessoas, sobretudo na área da imigração ilegal, consumos de estupefacientes e uso de armas". O comandante da Divisão da PSP das Caldas afirmou que este tipo de acções "vão continuar e intensificar-se para aumentar o sentimento de segurança de pessoas e bens na cidade das Caldas da Rainha". Jorge Martins sublinhou que "a acção correu bem porque não houve incidentes e as pessoas colaboraram com a polícia, mesmo aquelas que acabaram detidas". Carlos Barroso
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar