Login  Recuperar
Password
  Quinta, 2 de Outubro de 2014
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa

Lista de Notícias - Opinião / Editorial

Video Audio Ora Toma

O leitor Carlos Tiago, de Peniche, enviou um rol de situações que considera anómalas naquela cidade, e que aqui damos conta.
ler mais | 02-10-2014 |

Video Audio Pergunta o leitor Carlos Alberto Tiago.

Em Peniche, depois de sinais mal colocados, sinais desaparecidos, sinais em falta, agora é a vez dos sinais escondidos.
ler mais | 24-09-2014 |

Video Audio Lixo nas ruas de Peniche

sto já não é um problema de mais ou menos contentores e mais ou menos funcionários de limpeza. Isto ultrapassa tudo o que numa sociedade civilizada não devia acontecer. Não podemos exigir um contentor para cada habitante nem um funcionário de limpeza para cada uma das nossas ruas. Isto tem que ver com uma questão de educação e com a falta de autoridade das pessoas que têm o poder. Quando as pessoas que procedem desta maneira e são posteriormente identificadas, nada lhes acontece. Porquê?
ler mais | 24-09-2014 |

Video Audio MAU TEMPO

CHOVE TORRENCIALMENTE NAS CALDAS DA RAINHA, CHOVE EM PORTUGAL E NO NOSSO CORAÇÃO, CHOVE TORRENCIALMENTE NESTA PÁTRIA, MINHA, MAS ESTA CHUVA NÃO É A CHUVA DA LIBERTAÇÃO !
ler mais | 24-09-2014 |

Video Audio AMIZADE

O amor de Deus, a amizade dos irmãos foram sempre na vida os valores mais sãos A amizade é um dom que devemos cultivar, Sem ele a nossa vida começa a estiolar. Num grupo de amizade, circula amor, pois então! Todos o dão e recebem, em carinho e atenção… O estado de reforma não é p’ra nos instalar Mas, numa vida serena, d’outro modo começar.
ler mais | 24-09-2014 |

Video Audio Esgotos a céu aberto deveriam ser coisa do passado

O Movimento pelo Nadadouro vem por este meio alertar para uma situação que considera grave e que tem causado grande incómodo e prejuízo à população. Em fase anterior às obras da Rua Eng. Paiva e Sousa, na zona entre o posto de transformação e a estrada nacional 365, foi dado conhecimento, pelo MPN, da existência de uma vala a céu aberto, na proximidade do Jardim de Infância. Após algumas queixas e alguma insistência junto das autoridades competentes, a situação, embora não totalmente resolvida, foi melhorada, tendo sido tapada a referida vala. No momento em que as obras estão em fase de conclusão e no qual se deveria proceder a todos os melhoramentos e reparações a nível de condutas e sistema de esgotos, verificamos, com alguma perplexidade que se voltou à “estaca zero”. Não só não se resolveu a situação de escoamento da água, bastando chuva de pouca intensidade para que a água se acumule na via de circulação, como se voltou a abrir uma vala em terreno junto à referida rua. Junto à referida vala existe um cano, do qual é expelida água suja com um odor pestilento, levando a crer que se trata de um cano de esgoto. A referida água é acumulada na vala, previamente aberta, como já anteriormente indicado.
ler mais | 24-09-2014 |

Video Audio Indicadores de gestão fundamentais para a sua empresa – Parte 1: Análise da Liquidez

O sucesso e a sobrevivência, a longo prazo, de qualquer empresa depende da sua capacidade em ser rentável. Gerar lucros não ocorre acidentalmente. Requer planeamento cuidado e uma capacidade efetiva de gestão. Para alcançar objetivos que se traduzam em resultados positivos, o empresário deve estar consciente da posição financeira da empresa e das alterações que decorrem ao longo do tempo. Efetivamente, para gerir uma empresa e apresentar bons resultados é importante que se dominem as ferramentas básicas da gestão, nomeadamente as técnicas de análise dos principais indicadores económico-financeiros. Estas ferramentas são necessárias para que a empresa conheça periodicamente a sua situação, tornando possível diagnosticar problemas financeiros e evitar que se transformem em sérias ameaças futuras. Nos próximos artigos vamos analisar os rácios tidos comumente como os mais importantes na análise da situação da empresa, agrupados em quatro categorias: Liquidez; Rentabilidade; Endividamento; e Atividade. Esta semana iremos abordar a primeira categoria: Indicadores de Liquidez. Os indicadores relacionados com a liquidez têm como principal objetivo medir a capacidade da empresa em cumprir com os seus compromissos de ordem financeira de curto prazo, como é o caso dos vencimentos, custos com energia, informática, matérias-primas, entre outros.
ler mais | 24-09-2014 |

Video Audio FdP

Com Falcatruas dos Poderosos, Fomentadores da Pululação dos Facínoras da Pulhice bem acobertada com Farronuqueiros da Publicidade televisiva e outras “operações computadorizadas” que nos embebedam, adeusando “narcisos - cristianizadas” do futebol, bem protegidos por apólices seguradoras que, com lesões “aldrabonas”, lhes permitem um resto de vida com reformas milionárias, assim como cantadores e comediantes, entre outros pressupostos “trabalhadores (!!!) que favorecem o senhor capital, e, por isso, são heróis, estrelas, talentos, Famosos (?)… da Podridão, e, outras trampas resultantes da lavagem fraudulenta do capitalismo que governa mundo fora, com off-shores, privatizações, sem pudor, aumentando o desemprego, atolando a classe, essa sim, trabalhadora na putrefacção.
ler mais | 16-09-2014 |

Video Audio Ora Toma

“É triste para uma cidade que quer ficar bonita cheia de obras e cativar visitantes nunca mais terem acabado a passadeira numa rua que foi feita de novo junto à praça 5 de Outubro, nas Caldas da Rainha”, relata o nosso leitor Rui Vieira.
ler mais | 10-09-2014 |

Video Audio Como gerir melhor as contas correntes dos seus clientes

Aquela era mais uma manhã para Miguel. A caminho da sua empresa, por volta das 8h30, já o gerente do banco lhe ligava avisando que a conta estava de novo a descoberto. Sempre o mesmo problema: contas correntes de clientes. Os atrasos nos recebimentos eram uma tendência dos últimos tempos. Miguel medita todos os dias sobre este problema e já não sabe o que fazer... Esta curta história fictícia podia ser a de qualquer PME portuguesa. O atraso nos pagamentos é um dos principais problemas da nossa economia. Os dados da última edição do estudo da Intrum Justitia revelam que Portugal é dos países da UE em que se demora mais a pagar. Segundo aquele estudo, o Estado português paga as suas dívidas, em média, ao final de 133 dias, sendo que as empresas demoram 85 dias. Vejamos então algumas regras a seguir na gestão das cobranças da sua empresa, e que o podem ajudar a minimizar este problema.
ler mais | 10-09-2014 |

Video Audio Direitos dos doentes oncológicos no Crédito à Habitação

O doente oncológico, quando preenchidos os requisitos, tem direito a condições especiais na prestação do crédito à habitação. Cada vez mais cidadãos são confrontados com esta realidade, e diligenciam no sentido de acionar o seguro associado ao crédito mas sem sucesso, pois a incapacidade atribuída é, por vezes, inferior à exigida. Nestas situações, a Lei garante que os cidadãos portadores de deficiência, com um grau de incapacidade igual ou superior a 60%, podem celebrar contrato de crédito para aquisição ou construção de habitação própria nas mesmas condições que os trabalhadores das Instituições de Crédito.
ler mais | 10-09-2014 |

Video Audio Cuidado com os cuidadores

Conhece algum cuidador? Sim? Então tenha cuidado! Evite aproximar-se dele e qualquer tipo de contacto que possa ter. Se não lhe for possível um total afastamento remeta-se apenas à pessoa que está a ser cuidada, nunca faça perguntas sobre o bem-estar do cuidador e de preferência dê sugestões de como melhorar o seu desempenho e várias críticas relativamente aquilo que faz, que não é mais do que a sua obrigação. Agora, caro leitor, peço as minhas desculpas pelo susto que imagino ter pregado. Mas foi essa mesma a intenção. O cuidador não formal pode ser um familiar: um filho, um pai, um irmão, um sobrinho, etc. como também pode ser um amigo ou um vizinho. O cuidador é aquele que assume a responsabilidade de apoiar um seu familiar ou amigo durante um período de doença ou deficiência que pode ser passageira ou crónica. O tipo de cuidados varia de doente para doente mediante a idade da pessoa, as limitações cognitivas e/ou motoras e a própria patologia.
ler mais | 02-09-2014 |
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar